Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Alguns equipamentos já existentes poderão ser remanejados. Foto: Everson Santos

 

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) iniciou esta semana, a implantação de mudanças na sinalização da Rodovia do Xisto, no perímetro urbano de Araucária, que está sob sua jurisdição. As alterações ocorrem em um trecho de 8.617 metros, entre o km 147+383 e o km 156+000. Os serviços começaram nesta quarta-feira, 21 de novembro, e o prazo previsto para conclusão é de um mês. O órgão estará substituindo a operação do controle viário, através da instalação de barreiras eletrônicas, radares fixos, e avanço de sinal vermelho e parada sobre a faixa, com o remanejamento dos pontos de controle atuais e implantação de novos pontos.

Em Araucária será implantado um novo ponto, tipo Radar Fixo (Controlador Eletrônico de Velocidade – CEV) no km 155+200. Também serão retirados os equipamentos existentes ao longo de todo o trecho, os quais tiveram seu contrato vencido, mas somente após a implantação e entrada em operação dos novos, situados nas proximidades, a fim de não permitir que a rodovia fique sem o monitoramento de veículos com excesso de velocidade.

Segundo o DNIT, o objetivo principal é manter os equipamentos de velocidade públicos em boas condições para a orientação do usuário da via, além da coibição de infrações às Leis do Trânsito, permitindo assim, a diminuição de acidentes ocasionados por excesso de velocidade, e o incentivo ao hábito da direção defensiva, em locais de risco ou críticos.

Os pontos escolhidos para os equipamentos nas rodovias federais foram definidos com base no histórico do local, com a presença de escolas, travessias de pedestres, e em locais onde é necessário manter a velocidade adequada para a segurança viária, tomando por base a manutenção da estrutura das estações já existentes, sendo realizados os estudos de viabilidade e estudos técnicos para cada ponto identificado.

Segundo o superintendente regional do DNIT/PR, Christiano Schineider Machado, para a instalação e manutenção dos equipamentos, o DNIT assinou contrato com o Consórcio Via Brasil, vencedor da licitação para o lote 20 no Estado do Paraná, por um período de 60 meses, na qualidade de serviços de operações rodoviárias de forma continuada. “A gestão do contrato será realizada pela Superintendência Regional e Coordenação Geral de Operações (DNIT Brasília), cabendo à primeira, a supervisão da implantação das estações e a fiscalização na manutenção e utilização dos equipamentos”, explicou.

Publicado na edição 1140 – 22/11/18

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM