Compartilhe esta notícia

Dois motoqueiros perdem a vida
No acidente da rotatória a moto teria avançado a preferencial

Dois motoqueiros perdem a vida
No outro acidente o veículo fez manobra errada e atingiu a moto

Marciano Szepanhuk Pires da Silva, 19 anos, perdeu a vida de forma trágica na noite de quarta-feira, 26 de novembro, por volta das 18h30. Ele se envolveu em um acidente na rua Avestruz, esquina com a rua Coleiro, no jardim Industrial, bairro Capela Velha. O motoqueiro morreu na hora após ser atingido por um Fiat Palio, que fez uma conversão à esquerda quando o jovem estava fazendo a ultrapassagem. O motorista ficou no local para prestar esclarecimentos e disse que ele e a vítima eram colegas e trabalhavam na mesma empresa.



De acordo com testemunhas, Marciano seguia pela rua Avestruz em uma motocicleta Honda, na pista sentido bairro, assim como o motorista do Palio. Em determinado trecho, o jovem que estava na motocicleta tentou fazer uma ultrapassagem, no entanto, o motorista fez uma conversão na mesma direção e atingiu o jovem. O Samu chegou rapidamente para atender a ocorrência, mas o motociclista já estava morto.

Na rotatória

O outro motoqueiro morreu na segunda-feira, 24 de novembro, por volta das 22h20. O acidente aconteceu na rotatória do CSU, próximo à Câmara de Vereadores e envolveu a moto BIZ, placa ARJ 2585 e um veículo HB20, placas AWL 9406.

A moto de Leandro Rui Bolzani Borges, 30 anos, foi atingida pelo HB20, conduzido por Rodrigo Gadonske. Na moto também havia uma garupa, Priscila Souza Lenz, 29 anos, que teve ferimentos graves, mas sem risco de morte.

Segundo a Polícia Militar, o acidente foi causado por imprudência. O veículo HB-20 tinha contornado o eixo de giro da rotatória quando o motociclista não parou na preferencial e entrou sem esperar a oportunidade para contornar a rotatória. A moto acabou acertando o meio da porta do veículo e com o impacto, o capacete do motociclista caiu e ele bateu a cabeça, causando traumatismo craniano.

O motorista do veículo permaneceu no local para prestar socorro. Ele ficou em estado de choque, chegou a passar mal e precisou ser atendido pelo SAMU.

Texto: Maurenn Bernardo

Compartilhe esta notícia