Edição 2023 da Semana Municipal de Capoeira foi um sucesso

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

A edição 2023 da Semana Municipal de Capoeira, realizada entre os dias 3 e 6 de março, pela Escola e Centro de Treinamento Capoeira Show, foi um sucesso. O evento levou para o público oficinas, vivências, rodas de capoeira e o Ginga Mulher, este último em parceria com a Prefeitura de Araucária. Para o contramestre Canarinho, que comandou a organização, a semana superou as expectativas. “Na sexta-feira aconteceu a recepção dos convidados e a ‘papoeira’. No sábado de manhã tivemos a Oficina
de reco-reco com Liberto Ale de Curitiba, onde todos conseguiram produzir e sair com seu instrumento pronto. À tarde foi a vez da Oficina de Caxixi, com o professor Lagartixa de Pinhais. Os participantes aprenderam a fazer um instrumento que faz o complemento entre as batidas da baqueta na corda do berimbau. Foram muitas experiências adquiridas e já com expectativas dos participantes de produzir demais peças, até mesmo para revenda”, destacou Canarinho.

A semana também contou com um momento especial voltado aos amigos familiares, patrocinadores do CT Capoeira Show, onde os capoeiristas apresentaram musicalidade, roda, apresentações solo, e ainda o registro dos produtos Por mais Capoeira, como tênis, calça e camisetas. “Também para minha alegria e satisfação meu mestre Baiano anunciou minha Graduação de Mestre para o ano que vem”, comemorou Canarinho. O evento finalizou com uma roda de samba.

Ginga Mulher

O Ginga Mulher, que fez parte da programação da Semana de Capoeira, também surpreendeu. Duas mulheres foram convidadas a apresentar um pouco de seus métodos de floreios e musicalidade, propondo várias dinâmicas e socialização entre os cerca de 60 participantes. A finalização foi com uma roda de capoeira.

Por Mais Capoeira

Outro momento marcante da Semana foram os registros através de fotos, depoimentos e gravações de vídeos, relacionado ao Tênis Por Mais Capoeira. Este é um projeto que nasceu da parceria entre Marcelo Isaias Sampaio (Contramestre Canarinho) e Elvis Landarim (Palito Capoeira), do sonho de criar um calçado que atendesse às necessidades específicas dos praticantes da capoeira, uma arte marcial afro-brasileira que envolve movimentos acrobáticos, música e dança. Desenvolvido por um grupo de capoeiristas apaixonados por essa arte, o projeto começou a ganhar forma há alguns anos, quando perceberam a carência de um calçado que fosse adequado para a prática da capoeira.

“Investimos tempo e recursos em pesquisas e testes para encontrar os materiais e o design ideais para o produto. Foram meses de trabalho árduo, mas o resultado final foi um tênis revolucionário, que conquistou os praticantes da capoeira de todo o mundo. O sucesso foi imediato”, conta Canarinho.

Edição nº.1353.

Compartilhar
PUBLICIDADE