Pesquisar
Close this search box.

Editorial: Matérias especiais para pessoas especiais!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Ao longo de todo o mês de março, O Popular trouxe diversas matérias alusivas a importância da mulher no dia a dia da sociedade araucariense.

Trouxemos os mais variados relatos de personagens femininas que fazem a diferença em nossa comunidade. Relatos, inclusive, de mulheres que nos inspiram, que nos motivam, que fazem com que reflitamos sobre o papel de cada uma delas na construção de uma cidade que precisa caminhar para tratar de forma igualitária as pessoas, independentemente do seu gênero.

Nesta edição, concluímos as matérias alusivas ao mês das mulheres mostrando que no Poder Judiciário elas veem ocupando cada vez mais espaço. Na Comarca de Araucária, por exemplo, de todas as vagas para juízes disponíveis, apenas uma é preenchida por alguém do sexo masculino.

Ou seja, temos mulheres à frente das varas Criminal, Fazenda Pública, Cível, Família, Infância e Juventude, Eleitoral e assim por diante. Da mesma forma, embora ainda não sejam maioria, temos mulheres também no comando de promotorias de justiça.

Mulheres ocupando esses espaços de poder confirmam que – sim – elas podem estar onde bem quiserem. Isto, claro, não quer dizer que a sociedade brasileira já oportuniza igualdade de condições para ambos os sexos. Estamos longe disso. Afinal, elas ainda seguem tendo duplas, triplas jornadas de trabalho. Precisam ser profissionais, mães, donas de casa e por aí vai.

Por isso é importante que sigamos empoderando as mulheres, principalmente fazendo com que os homens entendam e trabalhem para isso, compreendendo que existe sim no país um machismo estrutural e que precisamos todos combatê-lo!

Pensemos todos nisso e boa leitura!