Encurralado, homem morreu carbonizado

Ronald morreu sem chance de fugir das chamas
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Ronald morreu sem chance de fugir das chamas
Ronald morreu sem chance de fugir das chamas

Ronald Jeferson Petersen, 57 anos, perdeu a vida de maneira trágica na noite de domingo, 2 de agosto. A humilde casa onde ele morava, localizada na estrada Comendador Di Luca, na localidade de Palmital, pegou fogo por volta das 21 horas, mas ele não conseguiu sair e morreu carbo­nizado. O corpo de Ronald foi identificado pelo sobrinho.

Segundo testemunhas, esta teria sido a segunda vez que a casa do homem pegou fogo, só que agora as chamas consumiram totalmente a residência. Os vizinhos demoraram a perceber o incêndio e acionar o Corpo de Bombeiros.

Além dos bombeiros, estiveram no local a equipe do IML, que recolheu o corpo da vítima, e peritos da Criminalística, que atestaram, como a possível causa do incêndio, bitucas de cigarro mal apagadas, isso porque vizinhos contaram que a vítima fumava bastante e também era alcoólatra.

FOTO: MARCO CHARNESKI