Praticar esportes é bom para o corpo e para a mente, mas disso todo mundo já sabe. Exatamente por todos esses benefícios que essa prática deve ser incentivada desde cedo pelos pais, para que a criança se desenvolva bem. Dentre as várias opções de esportes, a patinação oferece, além desses benefícios já mencionados, outros tantos, como o equilíbrio, o senso de orientação, a coordenação motora, dentre outras. É por isso que o projeto de uma escolinha de patinação em Araucária está fazendo o maior sucesso entre a criançada.

Coordenado pelo professor araucariense Cleido José da Silva, o projeto iniciou no dia 5 de abril, com aulas de patinação para estudantes das escolas públicas de Araucária, que acontecem no Parque Cachoeira. “A proposta inicial era atender 40 alunos, selecionados entre os meses de março e abril, mas tivemos mais de 350 inscritos. Ao mesmo tempo em que ficamos felizes com a grande procura, ficamos preocupados em não conseguir atender a todos”, comentou o professor.

A duração da escolinha de patinação será de oito meses, podendo ser renovado para o ano de 2023, caso o projeto conquiste novos patrocinadores. “O projeto é aprovado pela Lei Federal de Incentivo ao Esporte, e executado pela Federação Paranaense de Patinação, com apoio da Sanepar, provedora dos recursos para compra de material e manutenção mínima do projeto. Estamos na busca por novos patrocinadores para que possamos atender mais alunos e fechar o ciclo de 12 meses, inicialmente planejado”, explicou Cleido.

Segundo ele, o projeto também prepara as crianças para a participação em competições da modalidade. “O grupo de patinadores de Araucária participou do Festival Paranaense de Patinação, realizado no domingo, 22 de abril, no Parque Barigui, em Curitiba”, comentou.

Sobre as aulas

As aulas de patinação são realizadas no Parque Cachoeira, de segunda a quinta-feira, das 8h às 10H e das 14h às 16h. São duas turmas de 20 alunos pela manhã e 20 na parte da tarde, com idade entre 8 e 16 anos.

O projeto pode ser patrocinado por pessoas jurídicas tributadas com base no lucro real, já que a Lei de Incentivo ao Esporte permite a dedução de até 1% do Imposto de Renda devido para doação e para pessoas físicas é de até 6%.  

Para obter mais informações e acompanhar o projeto acesse as redes sociais @patinacaoparana e @escolinhadepatinacao ou os sites www.escolinhadepatinacao.com e www.fepp.org.br

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

A ética dos propagadores de fake news

O título desta crônica é provocativo, pois vivemos num tempo onde cada um é induzido a acreditar na sua fake news de preferência através da

Casa Bem Acabada

Iéste negócio da gente se meter a rabequista das véis dando o maior dos problema!! Sobrinha Roseli se achegando com cara cheia de felicidade contanto

Compartilhe