Araucária PR, , 12°C

Estudante de Araucária foi 1º lugar no vestibular de Engenharia Mecânica da UFPR

Lyvia foi aprovada em cinco vestibulares e na UFPR ficou em 1º no curso escolhido. Foto: divulgação
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Estudante de Araucária foi 1º lugar no vestibular de Engenharia Mecânica da UFPR
Lyvia foi aprovada em cinco vestibulares e na UFPR ficou em 1º no curso escolhido. Foto: divulgação

Aliando determinação à disciplina, a estudante Lyvia Gondek Joslin, de 18 anos, ficou em 1º lugar no vestibular da Universidade Federal do Paraná (UFPR), no curso de Engenharia Mecânica. Mas essa não foi a única conquista da jovem araucariense, que também foi aprovada nos vestibulares da PUC, Positivo e UTFPR, no mesmo curso, e na Unioeste, no curso de Direito. “Fiquei muito feliz com a notícia da aprovação, principalmente por conta do 1º lugar, isso mostra que todo meu esforço valeu a pena. Agradeço muito a minha família e amigos, que sempre me incentivaram e apoiaram e também aos professores que tiveram um papel importantíssimo na minha aprovação”, disse a jovem.

Lyvia cursou parte do ensino fundamental (1º ao 5º ano) na Escola Municipal João Sperandio, em Rio Abaixinho, do 6º ao 9º ano foi aluna do Colégio Sagrado Coração de Jesus e o ensino médio estudou no Colégio Bom Jesus de Araucária. “Terminei o 3º ano em 2020, mas por conta do adiamento do Enem e dos vestibulares, continuei estudando apenas em casa, é claro que com o auxílio da escola, que foi fundamental. O ano de 2020 e o início de 2021 foi uma época muito difícil, estudar online e com a pandemia foi desafiador e estressante, mas como sempre tive uma boa rotina de estudos, consegui me adaptar. Estabeleci um objetivo e fui atrás. Graças a isso consegui uma boa nota no Enem e fui aprovada em vários vestibulares”, relatou.

Aluna exemplar e sempre dedicada aos estudos, Lyvia coleciona excelentes notas em seus boletins. No terceiro ano do ensino médio, inclusive, ela ficou em 1º lugar na sua turma, após conseguir as melhores notas. Não é à toa que escolheu um curso que costuma figurar entre as listas dos mais procurados no país. “Optei pela Engenharia Mecânica porque sempre tive uma inclinação para a área de Exatas e também por ser um curso bastante abrangente, que pode proporcionar experiências em diversas áreas”, explica estudante. Atualmente estudando na UTFPR, a araucariense pretende focar na faculdade e conseguir uma carreira promissora.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1278 – 09/09/2021