Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Foto: Marco Charneski

Sandra Maria Aparecida Ribeiro, 45 anos, brutalmente assassinada durante uma confusão envolvendo um cliente e os seguranças do Hipermercado Condor, em abril do ano passado, receberá da Câmara Municipal uma Moção de Aplausos. A homenagem foi aprovada pelos vereadores na sessão ordinária realizada na última terça-feira, 11 de maio.
A honraria é uma forma de lembrar o primeiro ano da tragédia que tirou a vida da fiscal. O caso gerou revolta em muitos moradores, pois o motivo da confusão se deu pela recusa do empresário Danir Garbossa em utilizar a máscara de proteção contra o vírus dentro do estabelecimento.

Autor da moção, o vereador Vagner Chefer (Podemos) explicou que Sandra era uma mulher batalhadora, humilde e que foi morta em uma atitude de estupidez, deixando órfãos dois filhos. “Apresento este pedido de Moção de Aplausos a fim de demostrar de forma singela a importância que a Sandra teve em nosso município”, diz o parlamentar.

Homenagens a Sandra

Além da Moção de Aplauso, Sandra também já foi homenageada pela cidade meses após seu falecimento. Inaugurado em maio do ano passado, o Centro Especial de Combate ao Coronavírus foi batizado com o nome da araucariense.

Texto: Waldiclei Barboza e Katty Ferreira

Publicado na edição 1261 – 13/05/2021

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM