Compartilhe esta notícia

No final de semana prolongado em que o feminicídio voltou a ficar em voga no país todo após uma juíza de Direito ter sido brutalmente assassinada pelo marido no Rio de Janeiro, os números registrados pela Guarda Municipal de Araucária mostram que a violência doméstica é também um problema muito presente em nossa cidade.

Para se ter uma ideia, da véspera de Natal (24) até a manhã desta segunda-feira (28), só a Guarda Municipal atendeu a 12 ocorrências de Maria da Penha no Município.

Entre os casos estão situações consideradas menos gravosas como insultos e coisas do gênero, mas há também casos de violência doméstica em que as vítimas ficaram bastante machucadas e outras em que houve uso de arma de fogo como meio empregado para o marido ameaçar sua companheira.

Um dos casos, por exemplo, aconteceu na Avenida Brasil, no bairro Iguaçu, na noite de domingo (27). Lá, a GM encontrou uma mulher com várias lesões que teriam sido ocasionadas pelo marido. Ela ainda relatou que foi ameaçada com uma arma de fogo. Os guardas que atenderam a ocorrência localizaram o revólver calibre 38 no comércio do sujeito, que fica próxima a residência do casal. A arma estava com numeração suprimida e carregada. Ele foi preso.

Também no domingo (27), só que na localidade rural de Guajuvira, a GM deu atendimento a uma senhora que sofreu dupla violência doméstica, sendo agredida pelo marido e pelo filho. Ambos teriam fugido quando viram a viatura da Guarda chegando. Porém, após orientar a vítima, os guardas visualizaram um dos suspeitos do crime amocado num matagal, o detiveram e o encaminham à Delegacia.

Numa outra situação, essa na quinta-feira, 24 de dezembro, a GM prestou socorro a uma senhora que apareceu toda machucada na sede da corporação. Ela alegou que fora agredida pelo companheiro no apartamento do casal, que fica no loteamento Torres. O sujeito, que seria lutador de artes marciais, também a teria mantido trancada em casa após o crime, sendo que ela só conseguiu buscar por socorro após fugir pela janela.

Os guardas que atenderam a vítima fizeram buscas no entorno da residência onde o crime teria ocorrido e acabaram localizando o agressor, que foi encaminhado à Delegacia.

Guarda Municipal atendeu a 12 ocorrências de violência doméstica no feriado de Natal - notícias da Capa Policial  - O Popular do Paraná
Numa das ocorrências, GM apreendeu uma arma de fogo
Compartilhe esta notícia