Guarda Municipal atropelado por bandidos fará segunda cirurgia | O Popular do Paraná

Guarda Municipal atropelado por bandidos fará segunda cirurgia
Quando o GM se aproximou o motorista do Corsa deu a ré e o atingiu

O guarda Cristiano José Wonsowicz foi atropelado por uma dupla de bandidos quando tentou abordá-los. O caso aconteceu na quinta-feira da semana passada, 17 de novembro, no fim da tarde no entorno da praça Dr. Vicente Machado, no centro de Araucária. Ele teve fratura no fêmur, já passou por uma cirurgia e segue internado para a segunda cirurgia, visto a gravidade do ferimento.

Tudo começou quando a Guarda Municipal de Araucária recebeu a denúncia de que um carro roubado estaria circulando no centro da cidade. Uma equipe deslocou-se até a região e encontrou o veículo GM Corsa, cor prata, placas LZS-9262, com alerta de furto do dia 8 deste mês em Curitiba. Iniciou-se uma perseguição e os ocupantes do carro tentaram entrar em um esta­cionamento na rua Diógenes Brasil Lobato para tentar despistar a viatura. Porém, no momento em que o guarda Cristiano foi abordá-los, o motorista do Corsa deu a ré e o atro­pelou, mas, foi contido por outro guarda.

Foram encaminhados para a Delegacia de Araucária Luis César Moraes, 19 anos, que já foi li­berado por determinação do juiz, e Davi Prestes do Santos, também de 19 anos, que permanece preso.

O Corsa roubado estava com diversas adulterações das indicadas no sistema e, em seu interior, foram encontradas várias peças de roupas novas, provavelmente oriundas de assalto à loja de vestuário.

Nenhum dos dois indivíduos envolvidos tinha passagem pela polícia e também não confessaram nenhum crime.

Texto: Rafaela Carvalho / Foto: Divulgação

Compartilhe esta notícia: