Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

A Guarda Municipal (GMA) recebeu neste mês um reforço para fazer patrulhamento ruas da cidade. São novas carabinas CTT calibre 40. Até então, de armas de fogo, os guardas contavam com espingarda calibre 12 (menos operacional) e pistola 380 (de menor potência).

Essas novas armas de maior calibre serão úteis em casos mais perigosos, como troca de tiros; pois, de acordo com o protocolo operacional, em situações corriqueiras do dia a dia, há indicação para uso gradual da força. Ou seja, outros meios são utilizados antes para auxiliar os profissionais no exercício da função, de acordo com princípios da necessidade, conveniência e proporcionalidade. Além desses armamentos para proteção e atuação, a corporação conta com spray de pimenta, gás de efeito moral e arma de choque.

Os novos equipamentos colaborarão para minimizar a diferença de potencial bélico existente entre as forças de segurança pública e os bandidos. Muitos guardas relatam que os criminosos geralmente têm acesso a armamento de maior calibre, deixando os oficiais em desvantagem. Os profissionais que terão acesso ao armamento passarão por capacitação e treinamento para utilizá-lo.

Texto: PMA

Foto: divulgação

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM