Há três anos lutando contra um câncer, Nicolas consegue vitória importante na Justiça

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Nicolas Christenson, 18 anos, que vem lutando contra um Sarcoma de Ewing, um câncer raro que afeta principalmente os ossos, conseguiu uma vitória importante na Justiça. O jovem tem plano de saúde, porém alguns exames e medicamentos que ele precisa não são custeados pelo convênio, sendo necessário pagar por eles. Para ajudar nas despesas médicas, a família teve que criar uma vakinha virtual.

Tão logo tomou conhecimento do drama que Nicolas enfrenta há três anos e da sua luta para conseguir a medicação, a advogada Fernanda Milani, que é especialista em Direito Médico e da Saúde, decidiu ajudá-lo. Ela ajuizou uma ação contra o plano de saúde, e em sede de liminar, a justiça de Araucária deferiu o pedido de antecipação de Tutela de Urgência, determinando que a operadora custeie o medicamento da quimioterapia e o exame.

Ela explica que conforme prevê a ANS – Agência Nacional de Saúde), órgão que regulamenta os planos de saúde, a medicação indicada pelo oncologista é liberada pelos planos de saúde apenas para casos de tumor renal, que não é o caso do Nicolas. “Mesmo diante deste empecilho, pesquisei mais sobre os estudos e comprovação cientifica realizadas nos EUA e Europa, que indicam a utilização desta medicação para tumores em partes moles, que é o caso do Nicolas, argumentação esta utilizada por mim, juntamente com a indicação da medicação feita pelo médico. A justiça deferiu o nosso pedido e o Nicolas passará a ter a medicação custeada pelo plano de saúde. E caso o plano de saúde descumpra a decisão judicial, deverá pagar multa diária”, festeja a advogada.

Vakinha continua

A vaquinha online para ajudar o Nicolas será mantida e todo valor arrecadado será utilizado para as demais medicações necessárias e todas as demais despesas do seu tratamento.

O link da vakinha é https://www.vakinha.com.br/3965539, também é possível fazer um PIX na chave 3965539@vakinha.com.br. Mais informações pelo fone (41) 99965-6868, falar com Kelly.

Edição n.º 1384

Compartilhar
PUBLICIDADE