Uma menor de 12 anos teria sido vítima de um suposto estupro na noite de domingo, 8 de março. O pai da menina acionou a Polícia Militar alegando que a filha teria saído com um conhecido da família em seu carro, no entanto, ninguém sabia o paradeiro dos dois. No local do chamado, o homem contou aos policiais que um rapaz de nome Charles teria sido namorado da sua filha mais velha e, mesmo após terminarem o namoro, o rapaz ainda teria proximidade com a família. Ele disse que o rapaz saía frequentemente com sua filha mais nova, que tem apenas 12 anos, com o consentimento dele e da sua esposa.

Porém neste dia, ele teria saído com a menina durante a noite e levado junto o irmão de 10 anos. Este, quando voltou pra casa, relatou aos pais que o rapaz o teria trancado no quarto para poder ficar sozinho com a irmã na sala. A menina, diante da pressão da mãe, teria confessado que teve relação sexual com Charles, de livre e espontânea vontade e que logo após o ato ele teria dado a ela uma pílula anticoncepcional.

A equipe seguiu até o endereço onde o suspeito reside e fez buscas na residência e no seu veículo, pois a jovem teria dito que ele possuía uma arma de fogo. Os PMs não encontraram a arma, mas acharam a embalagem vazia da pílula e alguns pássaros silvestres presos, sem registro. O rapaz e a menina foram levados para a Delegacia para esclarecer melhor os fatos. O carro do suspeito também foi parar na 2ª Cia porque ele não tinha CNH.

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp