Homem que agrediu mulher grávida até ela desmaiar permanece preso

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Victor Soares de Brito, que foi detido após agredir a esposa grávida na tarde de domingo (30/10), na rua Lótus, bairro Campina da Barra, continua detido na cadeia pública de Araucária. Ele foi preso em flagrante e teve a prisão convertida em preventiva pela Vara Criminal de Araucária, a pedido do Ministério Público e do delegado Tiago Wladyka, que conduz as investigações. Victor bateu na companheira em via pública, na frente da própria filha. A agressão foi registrada por câmeras de segurança e mostram que, após bater na mulher, ela cai desmaiada no chão.


Uma testemunha que presenciou a agressão e chamou a Polícia Militar disse que estava na sala da sua casa quando viu o casal passar em frente à rua do condomínio e eles estavam discutindo. Contou ainda que saiu no portão para verificar se estava tudo bem e viu quando Victor acertou um soco no rosto da esposa, que caiu no chão, bateu a cabeça e ficou desacordada. A garota que estava com eles ficou ajoelhada ao lado da mulher enquanto o homem a observava caída no chão. Depois, ela sai correndo enquanto o agressor vira a vítima de barriga pra cima.


Ainda de acordo com a testemunha, o agressor teria subido em cima da mulher, para lhe desferir mais socos, quando ela ainda estava desmaiada e só parou quando ele o empurrou. Depois disso, Victor teria tentado fugir, mas foi contido por populares, até a chegada da polícia. Todo o relato da testemunha bate com as imagens das câmeras, que mostram ainda o momento quando um carro chega e os ocupantes descem para ajudar, e é nesse instante que a testemunha sai de sua casa e também se dirige à cena.
Segundo consta no boletim da Polícia Militar, quando a vítima recobrou a consciência, estava desorientada, e não conseguia explicar o que havia ocorrido. Por vários momentos, enquanto aguardava o Siate, ela teve novos episódios de desmaios. Como apresentava lesões na face e no crânio e teve vômitos, os parentes optaram em não aguardar a ambulância e a encaminharam por conta própria ao Hospital Municipal de Araucária.

Homem que agrediu mulher grávida até ela desmaiar permanece preso
Compartilhar
PUBLICIDADE