Pesquisar
Close this search box.

Homem que morreu após ser agredido em bar na Capital era morador de Araucária

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

O jovem araucariense Vinicius de Paula Souza, 25 anos, teve morte cerebral confirmada nesta quinta-feira (23/02) no Hospital Cajuru, em Curitiba.

Ele foi encaminhado ao hospital, em estado grave, na madrugada da última terça-feira (21/02), após ser agredido por um músico em um bar na capital. Testemunhas contaram que a agressão ocorreu após Vinicius tentar intervir em uma briga de casal, após levar um soco a vítima caiu e bateu a cabeça, ficando inconsciente.

O suspeito da agressão é o cantor Wendel Lemes, de 33 anos, que foi preso em flagrante e autuado por lesão corporal grave e liberado nesta quinta-feira (23) após depoimento. Com a confirmação da morte de Vinicius, o crime passa a ser tratado como lesão corporal seguida de morte.

A Polícia Civil do Paraná informou que há duas versões: além da versão das testemunhas, o cantor relatou que foi agredido pelas costas pela vítima, que viu Vinícius se aproximando com uma garrafa nas mãos e para se defender, deu uma cotovelada na vítima.

Após a vítima cair inconsciente, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (SIATE), e do Corpo de Bombeiros foram acionadas para prestar atendimento. O soldado Gesiel Gonçalves, do Corpo de Bombeiros, disse que quando o SIATE chegou a vítima estava em parada cardiorrespiratória e funcionários do bar realizavam massagem cardíaca, foram necessárias três reanimações para estabilizar a vítima, que foi encaminhada em estado grave para o hospital.