Inquérito concluído: Filho que matou a mãe a facadas é indiciado por homicídio qualificado

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

A Delegacia de Polícia de Araucária já concluiu o inquérito em torno do assassinato da professora da rede municipal de ensino Maria Lúcia Rosa Ferreira, 59 anos, ocorrido no dia 27 de outubro. Desde o início das investigações, todas as suspeitas recaíram sobre o filho da vítima, que matou a própria mãe a facadas. Ele foi preso horas depois do crime e acabou sendo indiciado pelo crime de homicídio qualificado.

Maria Lúcia morava na área rural do Rio Abaixinho e teria discutido com o filho na noite anterior ao crime. O rapaz teria ido até a casa da mãe pedir dinheiro para comprar drogas e depois de esfaqueá-la, chamou um taxi e saiu, levando com ele um aparelho de televisão de 65 polegadas. Na ocasião, testemunhas disseram que ele aparentava estar drogado.

No decorrer das investigações a polícia também descobriu que o jovem foi a uma favela comprar drogas, inclusive entregou o celular da própria mãe, ele também já vinha vendendo objetos da família para conseguir manter o vício.

Edição n.º 1388

Compartilhar
PUBLICIDADE