Irmão Lauro: CORagem

Imagem de destaque - Irmão Lauro: CORagem
Foto: Divulgação
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

.

Confira as palavras sagradas do Irmão Lauro dessa semana.

“Eta vida besta, meu Deus”!
“Plantando, dá! Não plantando, dão”:
Lei da mediocridade, da preguiça, da acomodação, da fuga, da autossabotagem, da autopunição!
A palavra CORagem origina-se de COR, que em latim significa CORação.

CORagem é agir com alma, com força, com bravura, com firmeza, ou seja, CORagem é agir com o CORação! A maior CORagem de um ser humano é lutar contra si mesmo, contra monstros e fantasmas interiores: vícios, traumas, pensamentos negativos, falsas crenças, inseguranças, preguiças… tudo o que consome as boas energias e impede a VIDA! A maioria das pessoas apenas sobrevive. É comum deixar-se dominar por medos, adiar decisões importantes, preocupar-se com julgamentos e com a opinião alheia, entre tantas ilusões da mente.

Contra padrões negativos e nocivos, quase sempre é preciso lutar e lutar e lutar, com todas as forças, longamente, arduamente, pacientemente, humildemente.
“Sangue, suor, lágrimas”, muitas vezes, são líquidos necessários para fazer a purificação total e conhecer a Vida verdadeira – a liberdade interior e exterior.
Um grande empecilho para buscar a cura total são as vantagens secundárias. Se estou “doente”, as pessoas têm pena e dó de mim, cuidam de mim, se responsabilizam por mim! Enquanto estou “doente” não preciso me responsabilizar pela vida! Ninguém me faz cobranças! Não preciso ajudar ninguém!

Como diz o poeta Drummond:
“Eta vida besta, meu Deus”!