Jovens carentes participarão de triagem odontológica

Programa vai proporcionar tratamento odontológico gratuito para as crianças
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Jovens carentes participarão de triagem odontológica
Programa vai proporcionar tratamento odontológico gratuito para as crianças

No próximo dia 28 de abril, data em que se comemora o Dia Mundial do Sorriso, o programa Dentista do Bem, da OSCIP Turma do Bem, irá selecionar centenas de jovens de baixa renda para receber tratamento odontológico gratuito. Na ocasião, será rea­lizada a quinta edição da Maior Triagem Odontológica do Mundo e em Araucária a ação será no Cras Tupy. Resultado da parceria entre Oral-B e Turma do Bem, a iniciativa acontecerá simultaneamente em mais de 300 municípios do Brasil e outros 10 países da América Latina e Portugal.
O objetivo do evento é identificar adolescentes de baixa renda, que necessitam de tratamento odontológico e proporcionar-lhes qualidade de vida por meio do acesso à saúde bucal. “Um adolescente que não tem possibilidade de ir ao dentista e de cuidar da boca, será um adulto infeliz. Isto porque quem sente dor não estuda, não brinca, não consegue um bom emprego, não beija na boca e se afasta dos amigos. O acesso à saúde bucal de qualidade faz com que esses jovens sejam incluídos novamente na sociedade”, afirma a coordenadora regional voluntária da TdB, Karine Gaio.
A triagem
O processo é simples, rápido e não invasivo: o dentista faz um exame visual da condição bucal de cada jovem e preenche uma ficha com dados sobre a saúde bucal e a condição socioeconômica da família.
Após a triagem, é elaborado um dossiê de cada criança e adolescente com a ficha de avaliação, uma cópia do comprovante de residência e a autorização dos pais ou responsáveis para que o tratamento seja realizado. A seleção é feita por meio da aplicação de um índice de prioridade, que beneficia as crianças e os adolescentes mais pobres, com problemas bucais mais graves e os mais velhos, que estão mais próximos do primeiro emprego.
Cada selecionado recebe uma carta com o nome e o endereço do dentista voluntário que será responsável pelo seu tratamento; para facilitar o acesso, a TdB encaminha o beneficiário para o consultório mais próximo da sua residência.
O tratamento
Os dentistas voluntários atendem as crianças e os adolescentes selecionados em seus próprios consultórios, até eles completarem 18 anos. Curativo, preventivo e educativo, o tratamento é totalmente gratuito e completo, incluindo, se necessário, radiografias, ortodontia, próteses e implantes, por exemplo.

Foto: Divulgação