Laranja | O Popular do Paraná

Laranja

10 de fevereiro 2021
Compartilhe esta notícia:

Parô um altomóve, destes de génte rica, preton de quatro porta na frénte de portón e soltô buzina, iéu zoiô de lónge e non dava pra vér motorista proquê os vidro também tudo préto estando. Iéu fói se achegando méio discunfiado pensando que talvéis séje algum figuron perdido na róça. Quando no porton estando porta do altomóve abrindo e um sujéito vistido de granfino saiéu falando méu nóme: “Seu Isidório, seu Isidório quanto témpo que lhe devo uma visita” , Iéu demorô pra reconhecér o sujéito, e non iéra que sendo aquéle candidato a vereadór que ficô devendo pra tudo mundo, que déu golpe nos colono passando cheque sém fundo na compra de batata, só que mais gordo e com cara de bolacha maria. Saiéu do caron e véio falando que percizava falar com iéu em particular, bém, se véio inté casa de Isidório é pra falar nos particular, só mora iéu de génte o resto tudo é bicho que non fala, non inténde inda por cima tudo analfabeto, podendo falar do porton mésmo. Sujéito enton falô pra iéu que percizando de laranja, iéu falando que tém póca laranja no pomar mais que se umas tréis dúzia sirvindo que dava de grassa pra non corê risco de ficar com cheque sém fundo nos bolso e perder tempo de corér atráis. Sujéito isplicô que ótra cóisa séndo, que tava percurando pessoa de cunfiança pra abrir firma de roçada, que iéra só imprestar ducuménto e receber dinhéro dos trabaio, que iéle ajeitava tudo iéra só abrir conta no banco e dar o caton com senha, iésto se chama “laranja”. Iéu achando méio istranho, será qui ótra fruta non sirvindo, mimosa, pêra, butiá, gaviróva, tém que sér laranja? Laranja lembra os holandéis e que non tém nada com os polaco. Sujéito enton falando que as pessoa que impreston nome pros vereadór son chamado de laranja. Iéu preguntô enton que iéstes laranja fazem de trabaio, sujéito contando que non fazem nada, só aparecem na tal licitaçon pra fazér leilon dos contra. Cómo pode? Non trabaia e ganha dinhéro inda fais leilon dos contra? Sujéito preguntô se trabaio interessando pra iéu iéra só passar as cópia dos ducuménto, iéle prometéndo pagar quinhentos cruzéro todo méis pra iéu sér laranja. Iéu ficô pensando, iéste trabaio de non fazér nada é mésmo cóisa boa e inda sobrando quinhenton pro bolso. Enton falô pra vereadór que iéste non sendo trabaio pra iéu, iésta cóisa de dinhéro fácil só tráis desgracéras, depóis vai que falte os empregado e seje iéu que tenha que roçar mato da cidade, dispóis von sér os meus cheque que von ficar séi fundo se dexár na mon deste desgraçado, iéu agradeceu visita e ofereceu duas dúzia de laranja pra sujéito non sair de mon abanando. Desgracéra Mésmo !!!!

Publicado na edição 1248 – 10/02/2021

Compartilhe esta notícia:


Aproveite, cadastre seu email para receber novidades!