Mais de 5 mil estudantes de Araucária farão provas do Enem 2020 | O Popular do Paraná
Compartilhe esta notícia:
Gabrielle contou com ajuda do colégio, que fez simulados. Foto: divulgação

Após o clima de incerteza que foi gerado em torno da realização ou não do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2020, a data foi finalmente sacramentada, e as provas serão realizadas nos próximos dois domingos, dias 17 e 24 de janeiro. Em Araucária, 5.170 estudantes se inscreveram, e farão provas presenciais nas seguintes instituições de ensino: Colégio Professor Elzeário Pitz (Campina da Barra), Colégio Professora Agalvira Bittencourt Pinto (Jardim Industrial), Escola Municipal Archelau de Almeida Torres (Jardim Iguaçu), Escola Municipal Irmã Elizabeth Werka (Centro), Escola Municipal Maria Aparecida Saliba Torres (Campina da Barra), Escola Professora Balbina Pereira de Souza (Campina da Barra), Colégio Estadual Fazenda Velha (Estação), Escola Municipal Senador Marcos Freire (Estação), Faculdade Faneesp (Thomaz Coelho), Escola Municipal Professora Nadir Nepomuceno Alves Pinto (Costeira), Colégio Estadual Professora Maria da Graça Siqueira Silva e Lima (Costeira) e Escola Municipal Sebastião Tavares da Silva (Costeira).

No primeiro dia serão aplicadas 45 questões objetivas de Linguagens e Códigos e 45 de Ciências Humanas, além da redação. Já no segundo dia, serão mais 45 questões de Ciências da Natureza e 45 de Matemática. Para ambas as avaliações, os portões abrem às 12h, fecham às 13h e as provas, nos dois dias, começam às 13h30. No primeiro dia, terminam às 19h, e no segundo, às 18h30.

A novidade deste ano foi a opção pelo formato digital, que beneficia candidatos do grupo de risco. Eles responderão as questões pelo computador. Apenas a prova de redação terá que ser respondida no papel. O Jornal O Popular não teve acesso ao número de estudantes de Araucária que optaram pela prova no formato digital.

Cuidados

Várias regras precisam ser seguidas por conta das determinações das autoridades sanitárias com relação à prevenção da Covid 19. A entrada nos locais de prova só será permitida para os candidatos que estiverem usando máscara, e ela deverá ser usada até o fim da prova. Só será permitida a retirada para se alimentar e beber água.

Além disso, todas as salas deverão ter álcool em gel disponível. Os candidatos também poderão levar o próprio produto, em recipientes transparentes. Ainda será obrigação do participante higienizar as mãos ao entrar e ao sair do banheiro, e durante toda a realização do exame. Para evitar aglomerações, o Inep ampliou o número de locais de aplicação de provas. Dessa forma, a recomendação é que cada sala só fique com metade da capacidade total.

Pandemia prejudicou estudantes

O candidato Gabriel de Lima Gomes, 17 anos, que concluiu o 3º ano do ensino médio no Colégio Estadual Maria da Graça, disse que teve dificuldades para estudar no ano passado, devido às mudanças implantadas com o ensino remoto. “Para mim uma das maiores dificuldades era a quantidade de envios simultâneos de tarefas, mais de cinco por dia, vinham diversos formulários de diferentes matérias, era complicado se concentrar em uma, sabendo que faltava muitas mais tarefas a serem feitas. Com o estudo remoto é muito fácil perder o foco e não absorver o conteúdo. Diante disso, só comecei a me preparar para o Enem no final de 2020, quando as aulas estavam para acabar, e não sei como vou me sair nas provas”, comentou o estudante. Ele pretende cursar Educação Física.

A aluna do Colégio COC, Gabrielle Souza de Oliveira, 17 anos, comenta que este será seu primeiro Enem de forma oficial, nos demais ela fez como treineira. Ela pretende cursar Odontologia e iniciou 2020 cheia de expectativas, faria os vestibulares e estaria determinada a focar nos estudos. Mas veio a quarentena e mesmo continuando a estudar, começou a ficar muito nervosa com tudo que estava acontecendo, que acabou refletindo nos estudos. “Decidi tirar um tempo para mim e fazer outras coisas, estava sobrecarregada e precisava me livrar daquela pressão de ter que passar no vestibular. Felizmente tive um apoio importante do meu colégio, que disponibilizou aos seus alunos vários simulados nos finais de semanas. Fiz exercícios de vestibulares anteriores, estudei e relembrei muitos conteúdos, o que certamente irá me ajudar muito nas provas do Enem”, relatou a jovem.

Diego Marcelo Stukovski dos Reis tem 17 anos e concluiu no final do ano o ensino médio, no Colégio Agalvira Bittencourt Pinto. Decidido a fazer algum curso técnico ou faculdade de Educação Física, ele está diante de um dilema, já que não pretende ingressar no ensino superior em 2021. “Sendo bem sincero, me preparei bem pouco pro Enem, e acredito que dessa vez farei as provas mais por experiência. Não posso dizer que não estudei devido à pandemia, porque na minha opinião, diante de tudo que vivemos em 2020, o ensino remoto não foi a pior parte”, declarou.

Triar terá reforço na frota e linha especial para quem vai fazer Enem

A Superintendência de Transporte Coletivo de Araucária informou que, em decorrência da realização do Enem, ampliará a frota das linhas que levam aos locais de prova nos próximos dois domingos, dias 17 e 24 de janeiro. Haverá ainda uma linha especial que fará o transporte entre o Terminal Central e o Terminal Angélica.

O reforço das linhas ocorrerá nos horários que antecedem o início da prova. Vale lembrar que, aos domingos, a tarifa do transporte coletivo local é gratuita para quem utiliza o cartão Triar.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1244 – 14/01/2021

Compartilhe esta notícia:


Aproveite, cadastre seu email para receber novidades!

, , , ,