Marista Lab: Dia do orgulho nerd: 5 livros para celebrar a data

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

No dia 25 de maio é celebrado o Dia do Orgulho Nerd, ou geek, em um termo mais atual. A data marca o lançamento do primeiro longa-metragem da saga Star Wars – Guerra nas Estrelas, em 1977, e também a publicação do livro O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams, em 1979. Ambas as obras tratam de heróis que tentam sobrepor desafios em mundos intergalácticos, viagens no espaço e criaturas fantásticas.

A origem do termo “nerd” é incerta. Há indícios de que tenha surgido primeiro nos Estados Unidos na década de 1950, para descrever pessoas intelectualizadas e bastante dedicadas a áreas acadêmicas ou técnicas. Atualmente, já não tem conotação negativa, visto que conhecimento e inovações tecnológicas são chave para o desenvolvimento. Na opinião da coordenadora do Ensino Médio do Colégio Marista Sagrado Coração de Jesus, Rosângela Dambroski dos Santos, o importante é estimular a área de interesse da criança ou adolescente. “Livros e filmes que captam a atenção de crianças e adolescentes são excelentes para incentivar várias áreas do conhecimento. Começando com o gosto pela leitura, até a procura por áreas como engenharia, física, matemática e outras áreas afins, a cultura nerd traz muitos benefícios para os estudantes”, pondera.

Confira a lista de clássicos para comemorar a data com amigos ou familiares:

“O Guia do Mochileiro das Galáxias” por Douglas Adams

Um pacifista relutante chamado Arthur Dent é arrastado para uma aventura intergaláctica quando a Terra é demolida para dar lugar a uma via expressa hiperespacial. Ele parte em uma jornada hilariante através do espaço com seu amigo alienígena Ford Prefect. A versão para o cinema também vale a pena.

“Neuromancer” por William Gibson

Considerado um marco da ficção científica cyberpunk, o livro segue Case, um ex-hacker que é contratado por uma misteriosa figura para realizar um último golpe em um mundo dominado pela inteligência artificial e megacorporações, levando-o a um mergulho vertiginoso na realidade virtual.

“Ready Player One” por Ernest Cline

Esse romance de aventura é ambientado em um futuro distópico. O protagonista, Wade Watts, embarca em uma busca virtual pelo tesouro deixado pelo criador de um vasto e imersivo jogo de realidade virtual. Com referências nostálgicas à cultura pop dos anos 80, Wade enfrenta desafios e perigos enquanto luta contra uma corporação malévola na corrida pelo prêmio final.

“Duna” por Frank Herbert

A saga de ficção científica é ambientada em um futuro distante. Paul Atreides, um jovem nobre, assume o comando de sua família em um planeta desértico repleto de intrigas políticas e lutas pelo controle de um recurso valioso. A história segue sua jornada épica enquanto ele desvenda segredos ancestrais e se torna um líder messiânico, moldando o destino da humanidade.

“O Senhor dos Anéis” por J.R.R. Tolkien

A trilogia épica segue a jornada de Frodo Baggins para destruir um anel mágico. Acompanhado por um grupo diversificado de companheiros, Frodo enfrenta perigos, batalhas e tentações enquanto o destino da Terra-média está em jogo.

Edição n. 1364

Compartilhar
PUBLICIDADE