Na última sexta-feira, 18 de março, a Prefeitura de Araucária lançou um novo Decreto (nº 36.523), acompanhando a decisão do Governo do Estado, que tornou facultativo o uso de máscaras em locais abertos para todos os públicos e dispensou o uso do equipamento de proteção entre as crianças menores de 12 anos. A decisão acabou provocando algumas opiniões contrárias, já que muitos pais que tem filhos nessa faixa etária, consideraram prematura a retirada das máscaras.

De mesma forma, a Secretaria Municipal de Educação afirmou que continuará fornecendo os EPI’s de segurança para os profissionais e crianças nas unidades educacionais da rede pública, e pediu que sejam mantidos todos os cuidados de proteção.

“Sugerimos que as famílias incentivem seus filhos a continuarem usando a máscara, principalmente em locais fechados, pois ela previne não apenas contra o contágio da Covid 19, mas contra outras doenças típicas do outono e inverno, como as gripes”, argumentou a secretária Adriana Palmieri. Ela acrescentou que as unidades também continuarão fazendo uso do álcool em gel, como medida de proteção contra o vírus.  Quanto às escolas da rede particular, o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Estado do Paraná – Sinepe/PR, informou que diante das atuais mudanças, vem orientando as instituições a seguirem o que determina os decretos e legislações vigentes.

Foto – Emanoel dos Santos

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

A ética dos propagadores de fake news

O título desta crônica é provocativo, pois vivemos num tempo onde cada um é induzido a acreditar na sua fake news de preferência através da

Casa Bem Acabada

Iéste negócio da gente se meter a rabequista das véis dando o maior dos problema!! Sobrinha Roseli se achegando com cara cheia de felicidade contanto

Compartilhe