Moradora de Araucária pede ajuda para bancar tratamento contra um câncer

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Dayane, moradora de Araucária, está lutando contra um câncer e além do sofrimento causado pela doença, ainda enfrenta dificuldades para manter o tratamento. Ela é aposentada e está doente há cinco anos, mas infelizmente o salário que recebe da aposentadoria não é o suficiente para se manter e ainda arcar com os custos do tratamento. Durante um tempo ela conseguiu complementar a renda fazendo faxinas e salgados para vender, porém devido ao avanço da doença, teve que parar com as atividades. Pra piorar ainda mais a situação, a moradora realiza o tratamento no Hospital Erasto Gaertner, em Curitiba, e o carro, que ainda está pagando, é seu meio de transporte, por isso não pode se desfazer do veículo.

Dayane teve câncer de mama, depois vieram as metástases, inicialmente no fígado, nos ossos, onde foi necessária uma cirurgia de substituição de fêmur, e depois a doença se alastrou para o pulmão. Ela tem duas filhas e é mãe solteira. A filha mais velha também trabalhava para ajudar, mas recentemente passou no vestibular da UFPR e como estuda em tempo integral, teve que sair do emprego.

No último dia 11 de março a situação de saúde da Dayane se complicou, ela teve uma convulsão e foi levada às pressas para o Hospital Erasto. Após muitos exames, os médicos localizaram 3 tumores no seu cérebro. Com essa nova descoberta, o tratamento precisou ser intensificado, e consequentemente ela não poderá mais trabalhar, pelo menos por enquanto. Usando remédios bastante fortes, Dayane também não pode mais dirigir.

SOS Dayane

Ele precisa de ajuda financeira para manter o tratamento e você pode colaborar fazendo uma doação, entre em contato com a família pelo número (41) 99955-2437.

Victoria Malinowski com supervisão de Maurenn Bernardo.

Edição n. 1356

Compartilhar
PUBLICIDADE