Motorista que atropelou e matou mulher no Campina da Barra se apresenta à polícia

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

O motorista que atropelou e matou Leonor Portela Diniz, 50 anos, na noite de sábado, 25 de novembro, na Rua Gazânia, no Jardim São Francisco, bairro Campina da Barra, se apresentou na Delegacia de Polícia de Araucária esta semana. De acordo com o delegado Erineu Portes, ele sabia que a polícia já tinha sua identificação e decidiu comparecer para prestar esclarecimentos.

No seu depoimento, relatou que naquele dia estava em uma festa e saiu para comprar bebidas e narguilé, quando no caminho se deparou com uma mulher, que tentava atravessar a rua, disse ainda que tentou desviar para não bater nela, mas não conseguiu.

“Apesar de o motorista dizer que não trafegava em alta velocidade, imagens de câmeras de segurança próximas ao local do acidente mostram o contrário. Ainda pelas imagens é possível ver que a mulher estava entrando na faixa de pedestres quando acabou sendo atropelada. Naquele momento ela saía de uma igreja. Ele também contou que fugiu do local sem prestar socorro porque ficou bastante nervoso e temia pela reação das pessoas e que só ficou sabendo da morte da mulher posteriormente”, comentou o delegado Erineu Portes.

Segundo o delegado, o condutor foi indiciado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar), mas também poderá responder por omissão de socorro. “Estamos apurando mais fatos em torno deste caso, sendo assim, as investigações vão prosseguir”, completou.

Edição n.º 1391

Compartilhar
PUBLICIDADE