Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
SMUR disse que vai rever a sinalização na avenida Av. Manoel Ribas. Foto: Jornal O Popular

Motoristas que trafegam pela avenida Manoel Ribas, sentido bairro centro, entre o Parque Cachoeira até a rotatória do Santa Regina, perceberam que no trecho não existem placas de sinalização indicando fiscalização eletrônica e limite de velocidade. Isso faz com que os desavisados afundem o pé no acelerador, aumentando os riscos de acidentes.

Outro trecho que tem sido alvo de reclamações fica na rua Pedro Druszcz, entre a Havan até a Prefeitura, que também não possui placas de limite de velocidade, apenas placas indicativas do EstaR. “Um dia desses eu subia pela rua Coronel João Antônio Xavier, e quando fui acessar a pista da esquerda da Pedro Druszcz, em velocidade reduzida, um motorista buzinou e fez sinal que eu deveria andar mais rápido, acho que ele desconhece o limite de velocidade permitido na via, que é de 40km/h. Mas depois percebi que não havia placas de limite de velocidade”, comentou um motorista.

Sobre as reclamações, o departamento de Trânsito da Secretaria Municipal de Urbanismo explicou que no caso da Manoel Ribas, havia placas indicativas de velocidade, mas que foram roubadas. No entanto, a SMUR disse que vai verificar a situação para ver o que poderá ser feito, porém, argumentou que os motoristas que utilizam a via com frequência já deveriam saber que o limite de velocidade é de 60km/h.

No caso da Pedro Druszcz, a SMUR afirmou que deverá instalar placas de sinalização de velocidade permitida. Lembrou ainda que vários casos de placas roubadas estão sendo registradas na cidade, e que isso acarreta prejuízos ao Município, pois a reposição tem um custo alto.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1180 – 12/09/2019

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM