A auxiliar de limpeza Cleonide Soares da Silva, moradora do bairro Iguaçu, está enfrentando um sério problema de saúde, que a impede de trabalhar. Ela tem uma úlcera venosa em uma das pernas, causada por uma trombose, que provoca feridas enormes, que não cicatrizam. Apesar dessa condição, o médico que atende a Cleonide se nega a fornecer uma carta para o pedido de afastamento junto ao INSS, alegando que ela está apta a trabalhar. “A minha perna nunca melhora, porque trabalho a maioria do tempo de pé, e a falta de circulação faz a ferida abrir. Mas agora isso talvez nem venha ao caso, porque devido ao meu problema de saúde, nem a empresa foi solidária comigo, e me demitiu essa semana. Não sei o que vou fazer, porque preciso me afastar para curar esta úlcera que me judia há mais de três anos”, lamentou.

O drama da Cleonide começou após ela ter sido atropelada e precisar de uma cirurgia na perna. Passados 15 dias do procedimento, ela desenvolveu uma trombose e depois veio a úlcera. Devido a isso, ela disse que não aguenta ficar muito tempo em pé, a perna incha e a dor é forte. “Já procurei um advogado, mas ele explicou que sem a carta do médico eu não conseguirei dar entrada no auxílio doença. Faço tratamento na Santa Casa e não sei mais onde recorrer. Daqui a pouco o dinheiro do meu aceto acaba e eu não posso nem procurar outro emprego”, comentou.

Para ajudar a Cleonide, entre em contato pelo fone (41)  99905-0424.

Olá boa tarde eu estou precisando de ajuda para minha irmã, ela foi atropelada já faz algum tempo foi pro hospital do Cajuru lá eles atenderam ela mais colocaram o pé dela torto e também teve trombose na perna ,vive inflamado tudo ela vai nos médicos eles dão atestado mais ela não aguenta mais trabalhar e os médicos não dão uma carta pra ela se encostar, tá muito difícil ela tá sofrendo muito não temos dinheiro pra pagar advogado e a empresa que ela trabalha disse q vai mandar ela embora.

Por isso eu peço se vcs poderem dar uma ajuda pra ela mostrando a matéria quem sabe os médicos se comovem e ajudem ela .agradeço pela atenção Deus nos abençoe. Me chamo Claudineia sou irmã dela vou tentar mandar um vídeo de como está a perna dela e ela está trabalhando.

Foto – divulgação

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp