Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Quando o assunto é o futuro shopping da Avenida Archelau, os moradores do bairro Iguaçu já têm opinião formada: “Isso nunca vai ficar pronto!”, afirma uma moradora. “Acho que tudo vai apodre­cer antes que tenhamos um cinema aqui na cidade”, completa outra. No entanto, o proprietário da obra afirma que pretende terminá-la, mas tem enfrentado muitos pro­blemas com a Prefeitura, o que atrapalha sua finalização.

De acordo com Murilo Martins de Andrade, porta-voz do empresário José Corsino, ele tentou renovar o alvará este ano para dar continuidade à construção, mas a Prefeitura encontrou novas irre­gularidades no prédio e não concedeu a liberação. “Então, como não conseguimos o documento devido à burocracia no município, não temos data prevista para o término da obra e vamos focar nas filiais da Faculdade Educacional de Arau­cária que estamos cons­truindo na região”, afirma.

Segundo Elias Kasecker, secretário de Urbanismo de Arau­cária, o empreendimento não esbarrou na tradicional burocracia, mas sim na legislação. “Todas as obras de Araucária são aprovadas da mesma maneira, seguindo as leis estabelecidas na cidade, então as pessoas precisam estar cientes e seguir essas normas”, informa. “Além disso, não existem projetos parados na Prefeitura, pois corrigimos todos que chegam em, no máximo, uma semana”, completa.

Assim, o projeto que já deu o que falar por ter sido embargado administrativamente diversas ve­zes continua irregular, e a comunidade do Jardim Iguaçu precisará conviver com mais alguns capítulos dessa novela.

Texto: Raquel Derevecki

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM