Pesquisar
Close this search box.

Novo Ensino Médio: Cinco dicas para escolher uma carreira

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Escolher uma profissão não é fácil e pode gerar muitas dúvidas para os estudantes. O Novo Ensino Médio, implementado em 2022, tem o objetivo de facilitar essa tarefa. A ideia é ajudar os estudantes a decidir qual carreira seguir nesta nova etapa da vida.

Segundo a coordenadora de Ensino Médio do Colégio Marista Sagrado Coração de Jesus, Rosangela Dambroski dos Santos, a mudança procura tornar o ensino ainda mais atual e atrativo aos jovens. “Os itinerários formativos e optativos aproximam a realidade da sala de aula, facilitando as escolhas dos jovens. Nosso papel é de orientá-los nessa jornada de descobertas e pesquisas para que entendam qual é o melhor caminho a seguir”, comenta.

Confira 5 dicas para ajudar na escolha da carreira com o Novo Ensino Médio:

Novo Ensino Médio torna a escola mais atual:

O uso de itinerários faz com que a aprendizagem dos estudantes dialogue mais com a atualidade, pois as situações-problemas desenvolvidas na escola se aproximam das questões que os jovens vivenciam e encontrarão em suas vidas.

Aproveite os itinerários para tirar dúvidas:

Explorar os itinerários optativos permite aos estudantes ter experiências de escolha, diminuindo suas dúvidas sobre aptidões, bem como fortalecer seu projeto de vida.

Busque aprofundamento:

Considerando as rápidas mudanças que cada um passa na vida, fica a dica para o estudante que acredita já estar certo do que quer, procurar conhecer a fundo o cotidiano da carreira escolhida, bem como o percurso de formação exigido.

Informação é o melhor caminho:

Pode ajudar bastante no direcionamento do projeto de vida e da carreira buscar por informações de cursos superiores, bem como sobre o perfil de cada profissão. Conhecendo as carreiras e os seus afazeres, o jovem pode identificar se seu perfil se adequa àquele contexto profissional.

Pesquise e investigue:

Visitar feiras e seminários de profissões é uma ótima maneira de conhecer os cursos superiores, as grades curriculares e um pouco do dia a dia da profissão desejada. Assistir a palestras, workshops e todas as atividades que forem “mão na massa” também ajuda.