A atuação preventiva das forças policiais foi fundamental para a redução do número de mortes violentas registradas em Araucária no ano de 2021. De janeiro a dezembro do ano passado, foram 15 homicídios, contra 44 no mesmo período de 2020, apresentando uma queda de 65,9%. Os dados fazem parte de um levantamento feito pelo Jornal O Popular, com base no banco de dados mantido por nossa redação.

Das 15 mortes ocorridas em 2021, 7 vítimas foram homens, apenas uma mulher e 7 pessoas sem identificação. Dez delas foram mortas por arma de fogo, duas por facadas, um por espancamento e dois sem a causa divulgada. Pelo levantamento, não teve bairros considerados mais violentos, já que o Campina da Barra, Capela Velha, área rural de São Miguel e o Costeira, tiveram duas mortes violentas cada, seguidos pelo Estação, Centro, Fazenda Velha, Cachoeira, Tindiquera e as áreas rurais de Taquarova e Lagoa Grande, com apenas um crime cada.

Relembre 2020

Das 44 mortes registradas em 2020, 34 vítimas foram do sexo masculino e apenas 4 do sexo feminino, com 3 pessoas sem identificação. Destas, 34 foram mortas por armas de fogo, 7 for facadas, uma por agressão e uma carbonizada. Os bairros considerados mais violentos foram o Capela Velha com 21 assassinatos, seguido pelo Campina da Barra e o Thomaz Coelho, com cinco crimes em cada.

Para o comandante da 2ª Cia da Polícia Militar de Araucária, tenente Marcos Gantzel, vários indicativos podem ter contribuído com a redução de crimes em 2021, quando comparado à 2020. “O ano de 2020 foi atípico por conta da pandemia, tivemos redução no policiamento, visando preservar nosso efetivo. A equipe não estava vacinada e então foram realizadas poucas operações. Já em 2021, com todos nossos policiais vacinados, retomamos as operações e acredito que a presença policial e o trabalho ostensivo e preventivo, foram fundamentais para coibir o crime”, avaliou.

Da mesma opinião compartilha o delegado Tiago Wladyka. Ele acredita que o policiamento ostensivo e o trabalho do setor de investigação da Delegacia de Araucária foram fundamentais para a redução de crimes em 2021. “Apesar do número elevado de crimes em 2020, em um cenário de pandemia, onde o trabalho das forças policiais ficou comprometido, tivemos uma boa solução nas investigações. Percebemos sim, que houve uma redução considerável de homicídios em 2021, até por conta da retomada total das ações das polícias. No primeiro semestre do ano passado conseguimos solucionar cem por cento dos crimes e no segundo semestre ainda temos dois em andamento”, comentou o delegado.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1294 – 13/01/2022

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp