Os estudantes costumam enxergar a ciência como resumida à temida área de exatas. Por isso, no Itinerário Formativo de Ciências o foco é analisar um outro lado desta área do conhecimento. Nele, são trabalhadas as relações sociais que permeiam o estudo e o desenvolvimento científico tendo sempre em vista as relações CTSA (Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente).

O objetivo é que os estudantes tenham uma visão mais crítica a respeito da construção do conhecimento científico, o que é importante para qualquer área que escolham como carreira. Em todos os momentos são realizadas discussões sobre a sociedade em que vivemos, analisando como a aplicação da ciência é importante em diversos contextos e, principalmente, preparando
os estudantes para se relacionarem com o grande volume de informações que recebem de redes sociais.

Questões como fake news, pseudociências, ciência séria e responsável também são discutidos, e essas discussões contribuem para a alfabetização científica, conhecida como essencial por pesquisadores da área de ensino de ciências. Observa-se que os estudantes têm melhorado a sua criticidade e, assim, estarão mais preparados para disseminar apenas informações científicas que tenham fontes confiáveis.

Utilizamos também de muita ludicidade, ao analisar trechos ou filmes e séries inteiros para discutir questões científicas. O uso desses conteúdos, tão presentes na vida dos jovens, contribui para que eles se envolvam mais nos temas relacionados à ciência, que muitas vezes se mostram enfadonhos para eles. As aulas usam o debate e a participação ativa do estudante como principal ferramenta.

Em nosso Itinerário Formativo, procuramos sempre responder a famosa questão: “Mas, afinal, onde eu vou usar isso na vida”? Analisamos aspectos do mundo do trabalho como as Normas Regulamentadoras, desconhecida por muitos, e também aspectos das legislações ambientais, ampliando as informações que os estudantes podem aproveitar no mercado de trabalho. Além disso, realizamos experimentos que são feitos em alguns cursos superiores, para que eles entrem em contato com ferramentas que podem ajudá-los na escolha de que carreira seguir.

Publicado na edição 1311 – 13/05/2022

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Antiga instalação da Rádio Cambiju

Em décadas passadas, a atual Rádio Iguaçu tinha como razão social Rádio Cambiju de Araucária. Seu estúdio localizava-se na Rua Dr. Julio Szymanski próximo à

As portas do Céu

Há algum tempo divulgamos a inauguração de uma igreja LGBTQ+ em Araucária. Nossa cidade tem uma população bastante diversificada, com pessoas vindas de diversos lugares,

O Rio Iguaçu (Parte 2)

O Rio Iguaçu inicialmente adentra o município apenas pela margem esquerda na Zona Rural após a foz do Rio Maurício, limite da Fazenda Rio Grande,

Vendendo o Monza

éu resolveu vender o Monza Cor de Bosta Fresca de Vaca Malhada, pra tocar por um altomóve mais moderno, mais novo, quem sabe uma destas

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp