Araucária PR, , 13°C

O Novo Empreendimento

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Dependendo da ocasión iéu usando ropa de ir na missa, calça de nylon daquelas que non amassando quando senta-levanta, senta-levanta, senta-levanta, camisa volta-ao-mundo, sapato passo doble e chapéu Cury, ansim vai pra vila resolver poblema no banco que ninguém se incomodando com ropa véia. Enton iéu ficando preocupado proque tendo que ir na perfetura resolver poblema de alvará pra vender batata na estrada e non sabendo que ropa que vai usar. Contei pra Flortcha do poblema e iéla me dizendo que se indo resolver poblema importante tem que se vistir que nem gente importante pra ser bem atendido e como non sendo sempre que iésto acontecendo, podendo ir numa desta loja de aluguel de ropa e non gastar furtuna com ropa nova. Iéu achando boa idéia, foi numa destas loja e pedindo ropa de gente importante, moça mandando provar um terno chique, camisa sem marca, sem marca de sangue, sem marca de remendo, sem marca de titica de galinha, gravata vermeia, sapato lustrado de bico fino. Enton moça dizendo que chapéu non combinado e podendo passar uma glostora nos cabelo pra non arepiar e podendo trocar os zócros escuro quadradón por um Raibão. Iéu se zoiô no espeio e susto levando, iéu inté parecendo apresentador de jornal de televisor. Foi na perfetura perto do meio dia procausa do tempo que perdendo na loja, preocupado que pessoal non indo dar bola pra iéu e mandando voltar despois, mais quando entrando na porta, inté guarda se alevantando na cadéra e dizendo Bom Dia Doutor. Iéu comprimentando com cabeça já que me chamando de Doutor. Tudo mundo zoiando pra iéu e dando soriso, enton veio moça perfumada tudo alegrinha dizendo Doutor bem vindo! pode me seguir. Que educaçón, iéu que pensando que gente do serviço público fosse tudo mal educado, cara caiendo no chon! Iéu foi atráis da moça e entremo num elavador e moça apertando númbro 4 e foi dizendo que iéla estando muito feliz de conhecer iéu de perto. Iéu non falô nada proque non sabendo o que falar, só cabeça balançando. Ansim que ponhemo o pé pra fora do elevador véio um monte de engravatado dar mon e falando que cidade muito feliz ficando com o novo emprendimento, entremo numa sala tudo mundo ficando de pé de batendo palma, se sentando numa mesa grandona e mocinha veio trazendo cafezinho e copo de água, enton vindo prefeito dando abraço, iéu pensando, como tratando bem as pessoa, iéu que vai montar uma baraca pra vender batata na bera do asfalto e tendo tratamento de gente graúda, imagina quem montando lavadora de batata!. Enton prefeito começando a falar um monte de palavra bunita e dizendo que estando sastiféito por iéu ter iscolhido a cidade pra montar empresa, me deron um monte de papelada pra assinar e tiraron mais de cento cinquenta retrato. Iéu saiéu da perfetura e entregando ropa alugada. Passado uns dois dia, no armazém do Iskapinski povo tudo comentando que cidade vai ter fábrica de Vodka e que um empresário da Polonha já assinando contato com prefetura, quando me mostraron capa do jornal, Desgracéra Mésmo!!!! Non sendo iéu que estando lá, disfarçado de gente importante e abraçado com o prefeito?