Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Tapumes serão fiscalizados pela Prefeitura
Tapumes serão fiscalizados pela Prefeitura

A construção que está sendo erguida na avenida Archelau de Almeida Torres, no jardim Iguaçu, popularmente batizada de “obra do Supra”, continua dando o que falar. Durante muitos anos se anunciou que no local seria construída mais uma unidade da rede de supermercados Supra, mas posteriormente a área foi vendida para um empresário da cidade, que teria planos de cons­truir um shopping no local.

O fato é que em meio a tantas mudanças de planos, a obra continua abandonada e gerando reclamações dos vizinhos. Esta semana alguns moradores entraram em contato com o jornal O Popular para reclamar dos tapumes, que ao invés de cumprir a função de proteger, estão trazendo riscos aos pedestres, porque estão muito ve­lhos e começando a se desmontar. “De nada adianta esses tapumes quebrados, pois frequentemente vemos grupos de pessoas saindo e entrando da construção, provavelmente são usuários de drogas, que estão aproveitando que a área está vazia para usá-la como ponto de consumo“, denunciou um morador.

Outro morador anônimo também reclamou que muitas crianças, pais e professores passam pela calçada, isso porque tem uma escola nas proximidades. “É um risco à segurança dessas pessoas porque os tapumes estão caindo na calçada. Acredito que o res­ponsável pela obra deveria tomar alguma atitude com relação a isso, não pode simplesmente abandonar tudo”, disse.

A Secretaria de Urbanismo informou que vai notificar o proprietário para que a obra seja retomada. Caso isso não ocorra, conforme prevê o Código de O­bras do Município (lei 2159/2010), o alvará de construção deverá ser revogado. Sobre os tapumes, a Prefeitura explicou que eles estão dentro da distância permitida, mas caso o alvará seja revogado, eles terão que ser retirados.

Texto: Maurenn Bernardo / FOTOS: Everson Santos

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM