Dr Brenno Vidotti, médico da Clínica São Vicente, afirma que exames preventivos rotineiros são fundamentais para diminuir os riscos de a pessoa desenvolver a doença

Quando o assunto é câncer, doença que todos os anos registra milhares de novos casos, questões como prevenção e detecção precoce se tornam primordiais. Por isso, o compartilhamento de informações e a conscientização sobre a doença são fundamentais para proporcionar à população, maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento.

Na semana em que se comemora o Dia Mundial de Combate ao Câncer, celebrado nesta sexta-feira (8/4), o médico oncologista da Clínica São Vicente, Dr Brenno Vidotti, ressalta que a adoção de um modo de vida saudável, a alimentação adequada, a prática de exercícios físicos, manter peso corporal adequado e a realização dos exames preventivos rotineiramente são fundamentais para diminuir os riscos de a pessoa desenvolver um câncer.

“O câncer é uma doença multifatorial, ou seja, não possui uma causa única. Existem diversas alterações externas, relacionados ao meio ambiente, ao estilo de vida do paciente e condições próprias dos pacientes, que podem aumentar o risco de um paciente desenvolver o câncer. E por esta condição multifatorial, podemos ter sim, atitudes que podem diminuir a chance de desenvolver o câncer. Além das já citadas, é importante reduzir a exposição a fatores que sabidamente tem propensão ao desenvolvimento do câncer, tais como o consumo de álcool e cigarro”, orienta.

Para o médico, não é possível estabelecer uma idade exata em que doença apareça com mais frequência. Esse fator varia muito em relação ao tipo de tumor (se tumores sólidos ou hematopoiéticas) e sua localização (pele, cólon, mama, próstata, pulmão, etc). mas ele ressalta que com o aumento da expectativa de vida da população em geral, alguns tipos de tumores são mais comuns que os outros.

“Por exemplo, em homens, existe a estimativa de um total de 300 mil novos casos de câncer em 2020, sendo 65 mil casos de câncer de próstata, 20 mil de cólon e reto, 17.700 de traqueia, brônquio e pulmão e 13 mil de estômago. Em mulheres e estimativa é de 316 mil novos casos em 2020, sendo 66 mil de mama, 20 mil de cólon de reto, 16.700 de colo uterino e 12.400 de traqueia, brônquio e pulmão”, exemplifica.

Quanto aos [índices de cura, o oncologista esclarece que depende do local do sítio primário, ou seja, onde o câncer começou e principalmente em qual Grau a doença foi descoberta pelo paciente. “É nesse ponto que temos a diferença entre um diagnóstico precoce, normalmente realizado através de exames de rotina, e o diagnóstico tardio, nos pacientes normalmente muito sintomáticos”, compara.

Dr Brenno lembra que a notícia boa para os pacientes é que a oncologia é uma das especialidades que mais apresenta avanços em relação aos tratamentos, desde novos medicamentos quimioterápicos, novas tecnologias para realização de cirurgias minimamente invasivas e novos equipamentos para realização de radioterapia.

Alerta

Q detecção do câncer através de sintomas apresentados pelos pacientes não é tão simples.  Isso porque os sintomas variam de acordo com a localização dos tumores primários. “O que devemos sempre levar em consideração é a realização de exames rotineiro, pois paciente com diagnóstico precoce tem maior potencial de cura.

E é preciso ficar atento a sintomas persistentes como dor abdominal, falta de ar, surgimento de nodulações palpáveis, perda de peso não intencional, sangramentos, alteração do trânsito intestinal ou geniturinário. Estes devem ser sempre avaliados pelo médico assistente”, sugere.

Diante da gravidade da doença e da possibilidade de tratamento eficaz a partir do diagnóstico precoce, o médico da Clinica São Vicente reforça a importância de campanhas de conscientização, como as que são feitas durante as datas estabelecidas, a exemplo do 8 de abril, Dia Mundial de Combate ao Câncer. “É muito importante essa conscientização em torno da doença. Precisamos mudar a mentalidade de todos de que o câncer é sinônimo de fim de vida, precisamos conscientizar sobre diagnóstico, tratamento precoce e opções de tratamento. Estas são as principais formas  de diagnosticarmos mais precocemente os pacientes, aumentando assim as chances de cura”, comenta.

Serviço

Consultas com o médico oncologista Dr Brenno Vidotti pode ser agendadas na Clínica São Vicente, localizada na rua São Vicente de Paulo, 250 – Centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 7h às 22h, aos sábados das 8h às 19h e aos domingos e feriados das 13h às 19h. Os telefones de contato são: whatsapp (41) 98780-1440 ou fone 3552-4000.

Foto – divulgação

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Pablo Rosales é campeão brasileiro de jiu jitsu

O araucariense Pablo Rosales, 15 anos, aluno do colégio metropolitana, se consagrou campeão no Campeonato Brasileiro de Jiu Jitsu, organizado pela Confederação Brasileira (CBJJ). O

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp