A partir do próximo dia 30 de março, a ONG EVA passará a atender as pacientes oncológicas que assiste, em novo endereço. A entidade, que até então mantinha uma sede no Centro da cidade, vai se mudar para um espaço cedido pelo Colégio CTI, na rua Luís Franceschi, 963 – bairro Thomaz Coelho. Desde o dia 26 de fevereiro, neste mesmo local, já estava funcionando a Cooperativa de Mulheres, um dos projetos que a entidade oferta para as pacientes oncológicas cadastradas, permitindo a elas uma fonte de renda, através da venda de tudo que produzem (artesanato, crochê, tricô, pintura em telas). A renda obtida com a venda dos produtos também ajuda a gerar renda para manter os projetos da ONG.

“Estávamos pagando aluguel e isso gerava um custo alto para a ONG, felizmente firmamos essa parceria importante com o CTI, que nos cedeu um excelente espaço, inicialmente para a Cooperativa, e agora para a sede administrativa e outros departamentos. Temos até um estacionamento próprio. Inclusive, vamos manter nosso bazar, só que agora ele será aberto somente aos sábados, das 7h às 13h.  E as mulheres atendidas pela ONG, que precisarem de consultas psicológicas ou de informações jurídicas sobre seus direitos e várias outras atividades, podem nos procurar”, informou a presidente da EVA, Adry Ribeiro.

Ela lembra que a ONG segue com o cadastramento e recadastramento de pacientes oncológicas e as interessadas deverão entrar em contato pelo telefone (41) 99235-8821.

Foto – divulgação

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp