Compartilhe esta notícia

Na manhã desta quinta feira (17), o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), realizou a Operação NFL, cumprindo um mandado de prisão temporária e seis mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Criminal de Araucária. Foram determinadas, ainda, oito conduções coercitivas.

Além da prisão temporária de uma pessoa que atuava indevidamente como policial civil, foi preso um policial civil em flagrante que estava de posse de dois revólveres com numeração raspada, além de munições. Contra o particular que atuava como policial, foi lavrado também auto de prisão em flagrante por posse ilegal de arma e de munições. Na operação, foram apreendidos celulares, computadores e uma máquina de jogo de azar.

A investigação, realizada pelo Gaeco e pela Promotoria de Justiça de Araucária, começou em julho de 2015, para apurar crimes de usurpação de função pública, concussão e corrupção em associação criminosa na Delegacia de Polícia de Araucária.

Texto: Assessoria de Comunicação Ministério Público do Paraná

Compartilhe esta notícia
Fechar anúncio