Foto: PCPR

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) alerta que sites fraudulentos aplicam golpes ao oferecer agendamento para confecção de carteira de identidade. O cidadão deve acessar exclusivamente o portal da instituição – www.policiacivil.pr.gov.br – para agendar uma ida a um posto de identificação. 

O uso do site oficial evita que dados pessoais e bancários sejam utilizados por golpistas. “O site da PCPR é o único que faz o agendamento para dias e horas determinados para renovação do RG ou confecção de primeira via. Não existe outro site que possa fazer esse agendamento de forma segura”, orienta o delegado da PCPR, Marcus Michelotto. 

Existem sites que atuam como “despachantes”, sob o pagamento de taxa, para que o agendamento seja realizado. O delegado enfatiza o uso seguro apenas da página oficial da instituição. “Existem diversos endereços que se parecem com o da Polícia Civil e Instituto de Identificação, mas apenas o www.policiacivil.pr.gov.br deve ser acessado pelo cidadão, sem riscos de fraude”, diz Michelotto. Na aba “documentos” é possível encontrar o link para o agendamento. 

AGENDAMENTO

A marcação de dia e horário para a confecção de 1ª via do RG é obrigatória para todas as pessoas, exceto para aquelas que se encaixam em atendimento prioritário. Pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, pessoas com deficiência, gestantes, lactantes, pessoas com crianças de colo e obesos não precisam agendar e devem se dirigir diretamente aos postos de identificação, conforme lei 10.048 de 2000.  

No dia agendado, o usuário deve comparecer com a original ou cópia autenticada da certidão de nascimento ou de casamento no posto de identificação escolhido. 

ESTELIONATO

O delegado da PCPR Emmanoel Aschidamini explica que ao acessar sites não oficiais, o usuário acaba fornecendo dados sensíveis aos criminosos, podendo ser vítima de estelionatários.

“Nós orientamos que não sejam fornecidos dados a sites não oficiais. Informações coletadas através de sites falsos ou intermediadores podem ser usados indevidamente para abertura de contas bancárias, empréstimos pessoais, clonagens de cartões de crédito e até compras indevidas”, diz o delegado da PCPR. 

O fornecimento de número de cadastro de pessoa fisica, registro geral e foto através de links desconhecidos é uma ação perigosa para o cidadão. 

CIBERCRIMINOSOS

A aplicação desse golpe é feita pela internet. Delegado da PCPR José Barreto orienta que todo cidadão vítima do golpe faça registro da ocorrência através da página www.policiacivil.pr.gov.br, na aba “boletins de ocorrência”, ou faça o procedimento na delegacia mais próxima. 

Criadores e mantenedores de sites falsos podem responder por falsa identidade, invasão de dispositivo informático, uso indevido de logotipo/símbolo público e estelionato por fraude eletrônica.

Texto: Agência de Notícias do Paraná

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Pablo Rosales é campeão brasileiro de jiu jitsu

O araucariense Pablo Rosales, 15 anos, aluno do colégio metropolitana, se consagrou campeão no Campeonato Brasileiro de Jiu Jitsu, organizado pela Confederação Brasileira (CBJJ). O

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp