Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

A placa foi colocada no canteiro central e moradores não concordaram
A placa foi colocada no canteiro central e moradores não concordaram

Além dos caminhões que estacionam em cima das calçadas e no canteiro central da Rua Gabriel Campagnolo, próximo à Praça do Parafuso, no bairro Estação, agora os moradores estão sendo obrigados a conviver com outro problema: uma estrutura de metal enorme, que foi instalada no canteiro central, para servir de espaço publicitário.

Conforme adiantou um morador, a estrutura foi colocada quando o Governo do Estado começou as obras de revitalização da PR 423, que liga Araucária a Campo Largo, e no início os vizinhos acharam que ali seria instalado um banner institucional sobre a obra. “Achamos que iriam colocar uma propaganda do Governo do Estado, daquelas que explicam sobre a obra, custos, prazo de execução, etc, mas nos espantamos quando vimos que não era nada disso, que na realidade a estrutura seria usada para algumas empresas colocarem suas publicidades”, disse.

Ainda segundo os moradores, a propaganda não traria problemas, desde que não tivesse destruído a grama do canteiro e que também não estivesse atrapalhando o trânsito. “Transitar pela rua Gabriel Campagnolo está se tornando impossível, pois além de ter que desviar dos caminhões que esta­cionam nas calçadas e no canteiro central, agora temos essa placa gigante, que deve ter uns 10 metros ou mais, atrapalhando a visibilidade”, reclamou outro morador.

Na mira da lei

Sobre a reclamação dos caminhões, a Secretaria de Urba­nismo, por meio do Departamento de Trânsito, informou que realiza fiscalizações frequentes em toda a cidade e notifica os casos irregulares que encontra. O artigo art. 181 (inciso 8) do Código Brasileiro de Trânsito considera infração grave (passível de multa) estacionar o veículo “no passeio ou sobre faixa destinada a pedestre, sobre ciclovia ou ciclofaixa, bem como nas ilhas, refúgios, ao lado ou sobre canteiros centrais, divisores de pista de rolamento, marcas de canalização, gramados ou jardim público”.

Ao flagrarem uma situação irregular, os moradores também podem ajudar na fiscalização relatando situações pelo telefone 3614-1500. Há que se destacar que a área citada é domínio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Quanto à instalação da placa no canteiro central, a Prefeitura reiterou que as fiscalizações são periódicas e que o art. 84 do Código Brasileiro de Trânsito lembra que “o órgão ou entidade de trânsito com circunscrição sobre a via poderá retirar ou determinar a imediata retirada de qualquer elemento que prejudique a visibilidade da sinalização viária e a segurança do trânsito, com ônus para quem o tenha colocado”.

Texto: Maurenn Bernardo / FOTO: EVERSON SANTOS

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM