Polícia ainda sem novidades sobre dois jovens queimados

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

O Delegado João Marcelo Renk Chagas disse nesta semana que sua equipe de investigadores está em campo, mas que ainda não tem informações concretas sobre os autores da dupla execução de Renan Schneider Silva, de 23 anos, e Vinicius Monteiro Marcon, de 21 anos, ocorrido no dia 28 de junho. Os corpos dos dois jovens foram encontrados em um matagal na localidade rural de Taquarova, região norte do município. Os dois foram baleados e parcialmente queimados.

Os dois encrencados

Como apenas Renan tinha passagens pela polícia, a primeira impressão era de que o outro rapaz, Vinicius, poderia ter morrido de graça. Mas os investigadores começam a acreditar que nenhum dos dois era santo na história. “O local onde os corpos foram encontrados é isolado, não tem vizinhos nem câmeras por perto, o que dificulta nosso trabalho. Mas uma linha de investigação que não estamos descartando é que os dois estivessem com problemas com traficantes de drogas”, disse o dele­gado. Outra informação, não confirmada, dá conta de que os dois estariam envolvidos com atividades ilegais, possivelmente também ligadas ao tráfico de drogas.

“De qualquer maneira, vamos precisar muito da ajuda da população para conseguir mais informações. Pode ser pessoalmente, pelo telefone aqui da delegacia de Arau­cária, o 3614-6000, ou mesmo pelo Narcodenúncia 181 sem precisar se identificar”, completa João Marcelo.

Texto: Carlos do Valle