Polícia Civil de Araucária prende homem acusado de estuprar enteada. Ele estava foragido em Itapoá (SC)

Polícia Civil de Araucária prende homem acusado de estuprar enteada. Ele estava foragido em Itapoá (SC)
Polícia Civil de Araucária prende homem acusado de estuprar enteada. Ele estava foragido em Itapoá (SC)
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Policiais civis da Delegacia de Araucária, em apoio à Delegacia da Mulher de Araucária, prenderam na manhã desta terça-feira (13/12), em Itapoá (SC), Jeferson Aparecido Correia, mais conhecido pelo apelido de “jegue”, suspeito de estuprar uma menina de 12 anos, filha de sua ex mulher. O suspeito teria abusado da criança por cerca de 5 vezes, quando ele ainda era padrasto da menina. Os abusos ocorriam quando a mãe estava trabalhando. Jeferson abusava da garota e a ameaçava, pedindo que não contasse as atrocidades para ninguém.

A mãe desconfiou e conversou com a filha, que lhe confessou tudo. Após descobrir, a mulher colocou o pedófilo para fora de casa. Desesperado, ele conversou com a então companheira e confessou o crime mediante mensagens de whatsapp, pedindo perdão e implorando que ela reatasse.

A mãe não perdoou Jeferson e o denunciou para a Delegacia da Mulher de Araucária, e ainda mostrou todas as conversas de whatsapp. Na época, foi instaurado inquérito policial para apurar os fatos o delegado Tiago Wladyka, que respondia pelas duas delegacias, pediu a prisão de Jeferson, que foi decretada pela Vara Criminal de Araucária. Porém Jeferson fugiu e ficou foragido durante seis meses. Mas o setor de inteligência da DP de Araucária o localizou, trabalhando em uma empresa na cidade de Itapoá, em Santa Catarina. Na manhã desta terça, Wladyka e sua equipe foram até o litoral catarinense e prenderam o foragido, que negou a prática dos crimes.

Jeferson foi trazido para a cadeia pública de Araucária, onde permanece à disposição da justiça.

Compartilhar
PUBLICIDADE