fbpx

Policiais civis da Delegacia de Polícia de Araucária prenderam na manhã desta quarta-feira, 19 de julho, Sandra Aparecida Balbino Colaço, acusada de atear fogo em uma residência na madrugada do dia 30 de dezembro de 2021. Naquela noite, segundo a polícia, Sandra passou em um posto de combustíveis e encheu dois galões com gasolina, foi até a residência do ex-namorado, que residia com a atual namorada, e ateou fogo sem nenhum escrúpulo e com o intuito de matar os moradores.

Na casa estavam uma criança de três anos de idade, a mãe e a esposa do ex-namorado de Sandra, que estava viajando a trabalho naquela noite. A família conseguiu fugir antes que o fogo os atingisse. A casa ficou completamente destruída e Sandra fugiu do local às gargalhadas.

A Polícia Civil de Araucária captou imagens da câmera de segurança e as vítimas reconheceram Sandra, pois no momento, escutaram barulho e sentiram forte odor de gasolina. Quando a moradora abriu a janela, a suspeita a viu e jogou gasolina nela, que não foi atingida, pois conseguiu fechar a janela antes.

Com as provas do crime, o delegado Tiago Wladyka pediu a prisão preventiva de Sandra, a qual foi decretada pela Justiça. A equipe da DP Araucária conseguiu prender a autora nesta quarta-feira e agora ela está na cadeia pública de Araucária, onde permanece à disposição da justiça.

Polícia Civil de Araucária prende mulher que ateou fogo em uma casa com a família dentro, O Popular do Paraná

Texto: Redação

VEJA TAMBÉM

Final de semana promete frio e geada

Quem gosta de um friozinho poderá aproveitar o final de semana do jeitinho que planeja. Nesta sexta-feira o dia amanhece com 3ºC e tem a

Compartilhe