Policiais civis da Delegacia de Araucária prenderam na noite desta terça-feira (24/05), em Colombo, região metropolitana de Curitiba, um empresário de 45 anos que estava receptando uma quantidade de madeira avaliada em mais de 90 mil reais. Também prenderam no mesmo local, porém na manhã desta quarta-feira (25/05), o estelionatário que fazia o desvio das mercadorias para o receptador.
Tudo começou quando a vítima, empresário de Araucária, compareceu na delegacia afirmando que um indivíduo, utilizando seu nome e o nome de sua empresa, com sede no Município, estava comprando, e não pagando, madeira de uma empresa, também vítima, com sede em Curitibanos/SC.
O indivíduo, depois identificado como Djalma Aparecido Machado, 57, fazia-se passar pelo empresário de Araucária, comprava a mercadoria de uma madeireira, com sede em Curitibanos/SC e a vendia para um empresário de Colombo/PR, que comprava a madeira por um valor bem abaixo do mercado.
Cientes disso, o Delegado Tiago Wladyka e os investigadores da DP de Araucária foram até Colombo e localizaram toda madeira comprada. Questionando o proprietário da empresa, com sede naquele Município, o mesmo não tinha as notas fiscais da madeira e foi preso em flagrante na noite de ontem, 24, pelo crime de receptação qualificada.
Contudo, o empresário preso afirmou aos policiais civis que iria pagar parte da madeira para Djalma na manhã de hoje, 25. Os policiais aguardaram a chegada de Djalma e o prenderam em flagrante pelo crime de estelionato. Ele tem diversas passagens pelo crime de estelionato e apropriação indébita, já o outro empresário, tem apenas uma passagem por furto de coisa comum, em 2009. Ambos os presos foram autuados em flagrante e encaminhados para a cadeia pública de Araucária.

Foto – divulgação

Texto: Assessoria

VEJA TAMBÉM

Compartilhe