A Polícia Civil de Araucária prendeu na manhã desta terça-feira, 8 de março, três pessoas envolvidas no homicídio qualificado de Wesley Samuel da Silva Batista, 24 anos, ocorrido na madrugada do dia 22 de janeiro deste ano. A equipe de investigação da Delegacia identificou os envolvidos, com isso, o delegado Tiago Wladyka representou pela prisão do trio e após decretada pela Vara Criminal de Araucária, os mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

A vítima Wesley era dono de uma distribuidora e vinha reclamando com Allison de Oliveira Santana, vulgo “Teta”, porque este vendia drogas no local. Allison, não satisfeito com as reclamações da vítima, ordenou que um outro indivíduo, Wéricles Gonçalves Andrade, vulgo “Bugio”, matasse o dono da distribuidora. O terceiro envolvido no crime emprestou um carro para Wéricles e Allison lhe deu uma pistola 9 milímetros para executar o crime, efetuando cerca de 20 tiros contra Wesley.

Os três detidos foram encaminhados para a cadeia pública de Araucária, onde ficarão à disposição da justiça.

Relembre o crime

Wesley Samuel da Silva Batista foi morto na madrugada do de 22 de janeiro, em plena calçada da rua Miguel Bertolino Pizzato, no jardim Iguaçu. De acordo com informações da Guarda Municipal, a vítima foi atingida por vários disparos, os quais acertaram seu crânio, tórax e perna.

Ainda segundo a GM, por volta das 3h30, os moradores da região ouviram um intenso bate-boca e na sequência, vários tiros foram disparados. Após matar Wesley, o autor fugiu rumo ignorado.

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp