Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Corpo de Botão foi encontrado jogado em um matagal
Corpo de Botão foi encontrado jogado em um matagal

Dois suspeitos já estão presos
Dois suspeitos já estão presos

A pós quase 10 meses de investigação, a Polícia Civil de Araucária concluiu o inquérito que culminou no pedido de prisão preventiva de três suspeitos do homicídio contra Daniel Pinheiro Rodrigues, o Botão, ocorrido no dia 8 de dezembro de 2013, no final da rua Amazonas, conjunto Manoel Bandeira.

Dos três suspeitos do crime, dois já estão presos: Diego da Cruz Gonçalves, cujo mandado foi cumprido na manhã de quarta-feira, 29 de outubro, e outro sujeito cujo apelido é Mé. Quanto ao terceiro suspeito, identificado apenas pelo apelido de Patinho, a polícia está no seu encalço e pretende efetuar sua prisão em breve.

O crime

Uma rixa de drogas é a principal linha de investigação que a Polícia Civil segue com relação ao assassinato de Botão. Ele levou cinco tiros, que acertaram a nuca e as costas e seu corpo foi encontrado por populares, caído em um carreiro no final da rua Amazonas.

Segundo a polícia, a área onde o corpo de Botão foi encontrado, um matagal, costuma ser frequentado por usuários de drogas, por isso a suspeita de que a motivação do crime possa ser o envolvimento com tóxicos entre a vítima e seus algozes.

Serviço

Quem tiver alguma informação sobre o Patinho pode entrar em contato com a Delegacia de Araucária pelo fone 3641-6000.

Texto: Maurenn Bernardo / Foto: blogdolobao

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM