População deve ficar atenta ao cronograma da coleta de recicláveis

Materiais geram renda para os trabalhadores do Centro de Processamento e Transferência de Materiais Recicláveis. Foto: Carlos Poly
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
População deve ficar atenta ao cronograma da coleta de recicláveis
Materiais geram renda para os trabalhadores do Centro de Processamento e Transferência de Materiais Recicláveis. Foto: Carlos Poly

A Prefeitura de Araucária incentiva os moradores a separarem os itens recicláveis do lixo comum e a colocarem em frente às suas casas apenas no dia da Coleta Seletiva, preferencialmente próximo ao horário que o caminhão passa na região, que ocorre entre 7h30 e 16h. Na área rural, o serviço passa uma vez por mês em cada localidade e nos bairros da área urbana, uma vez por semana. Com uma demanda maior, a região do Centro recebe a visita dos coletores duas vezes na semana.

Segundo a Prefeitura, em junho foram coletadas 54 toneladas de materiais e em julho o total foi de 44 toneladas, o que representa cerca de três caminhões que chegam por dia ao Centro de Processamento e Transferência de Materiais Recicláveis. No local, os 30 cooperados fazem a triagem dos materiais recicláveis que serão destinados para venda, gerando renda a esses trabalhadores.

Podem ser reciclados principalmente pedaços de papelão, caixas de leite, alumínio, vidro ou garrafas pet. Uma recomendação é que quando haja algum vidro na doação, que esteja bem embalado para evitar acidentes entre os trabalhadores. Dentre os materiais recebidos no Centro de Processamento e Transferência de Materiais Recicláveis, alguns tipos de vidro viram obras de arte pelo projeto Reciclando com Arte. Todo o material confeccionado fica à venda no próprio local, na rua Iolando Zanardine Camargo, 42, bairro Tindiquera. O horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 8h às 16h.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1277 – 02/09/2021