O ladrão portava um simulacro de revólver para intimidar as vítimas. Foto: divulgação

 

Populares abordaram uma viatura da Polícia Militar no semáforo da avenida Victor do Amaral, porque haviam acabado de presenciar um indivíduo sendo roubado no ponto de ônibus próximo ao supermercado Adriane. Os denunciantes repassaram todas as características do meliante, que trajava camisa preta, blusa preta aberta, tênis azul e mochila preta nas costas. De posse dessas informações, a PM fez iniciou buscas pelas redondezas, e na rua São Vicente de Paulo, esquina com a Manoel Ribas, se deparou com um sujeito andando apressadamente, cujas características batiam com as descrições feitas pelos populares.

O sujeito se assustou quando viu a viatura. Na abordagem ao suspeito, a PM localizou um simulacro de revólver e um celular dentro da mochila. Identificado como João Henrique Marques Fuzinatto, o indivíduo foi indagado sobre o simulacro e o celular e confessou ter sido o autor do roubo.

Os objetos foram devolvidos ao dono, que também reconheceu o autor do roubo. João recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia para as providências cabíveis.

Publicado na edição 1170 – 04/07/2019

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

A ética dos propagadores de fake news

O título desta crônica é provocativo, pois vivemos num tempo onde cada um é induzido a acreditar na sua fake news de preferência através da

Casa Bem Acabada

Iéste negócio da gente se meter a rabequista das véis dando o maior dos problema!! Sobrinha Roseli se achegando com cara cheia de felicidade contanto

Compartilhe