Araucária tem sido exemplo para outras cidades no que diz respeito a iluminação pública. Os investimentos nesse setor vêm de anos e a mudança é perceptível. Mas apesar de todas as vantagens que as novas luzes trouxeram, ainda existem moradores insatisfeitos, porque em algumas regiões, segundo eles, o escuro predomina.

É o caso de quem mora em ruas do bairro São Miguel, próximas à represa do Passaúna, como a Padre Boleslau Bayer, a João Mikosz, entre outras. “Essas ruas são muito escuras e como a Prefeitura está melhorando a iluminação em toda a cidade, nós aqui da região também queremos ser contemplados”, disse um dos moradores.  Ele afirma que a falta de iluminação contribui diretamente com a   falta de segurança. “Quanto mais iluminada é a via, menor a chance de alguém ser assaltado ou ainda de pessoas de fora virem até aqui para desovar corpos, o que é bem comum na região do São Miguel”, reiterou.

Sobre o pedido feito pelos moradores, a Prefeitura disse que as ruas citadas e demais vias na localidade do São Miguel, onde fica a represa do Passaúna, receberão iluminação em breve. Inclusive adiantou que o processo licitatório já foi aberto e atualmente encontra-se em fase de recurso da etapa de habilitação.

Foto – Marco Charneski

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Pablo Rosales é campeão brasileiro de jiu jitsu

O araucariense Pablo Rosales, 15 anos, aluno do colégio metropolitana, se consagrou campeão no Campeonato Brasileiro de Jiu Jitsu, organizado pela Confederação Brasileira (CBJJ). O

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp