Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
O carteiro está depositando todas as correspondências na caixa de um mesmo morador. Foto: divulgação

 

O Jornal O Popular recebeu na sua redação, um morador do bairro Estação, que mostrou seu descontentamento com o serviço dos Correios. Elias Antunes da Silva conta que os moradores da Rua Oswaldo de Lima estão indignados com as falhas na entrega de correspondências. “O carteiro passa por aqui e coloca todas as cartas, contas e boletos dos moradores da rua na minha caixa, daí tenho que levar até a agência para que meus vizinhos não fiquem sem recebê-la. E isso já vem acontecendo há anos”, comentou.

Elias comentou que já explicou a situação na agência local por diversas vezes e sempre afirmam que vão orientar os entregadores e que o problema não voltará a se repetir. “Da última que estive lá me disseram que foi um ato isolado, de um funcionário terceirizado, e que tal falha não se repetirá. Não acredito em melhoras, pois em 2005 fiz um concurso para a Petrobras e não recebi o telegrama, por consequência fui desclassificado. Entrei com uma ação, porém ganhei apenas danos morais de R$ 5.000,00, que corrigidos após 10 anos (tempo que demorou para o processo tramitar nas quatro esferas jurídicas (vara cível, Tribunal Regional, Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Federal), totalizou R$ 14.750,00”, lamentou o morador.

Sobre o problema, os Correios explicaram que houve um problema pontual, que foi identificado e corrigido. Orientou que caso algum morador receba, equivocadamente, em seu endereço, correspondências destinadas a outras pessoas, deverá entregá-las na unidade dos Correios mais próxima ou devolvê-los ao carteiro, se for possível. Comentou ainda que não há falta de efetivo em Araucária e que a entrega de correspondências está regular, sem atrasos.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1151 – 21/02/2019

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM