Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Triagens vão começar nos próximos dias
Triagens vão começar nos próximos dias

O Dentista do Bem é o principal projeto desenvolvido pela OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Turma do Bem e conta com o trabalho voluntário de cirurgiões dentistas. Em Araucária o projeto foi implantado no ano de 2013, conta com seis voluntários e atualmente está precisando da adesão de novos profissionais.

Através desta ação voluntária, os dentistas atendem em seu próprio consultório crianças e jovens de baixa renda entre 11 e 17 anos, proporcionando-lhes tratamento odontológico gratuito até que completem 18 anos. Atualmente, é a maior rede de voluntariado especializado do mundo.

Os pacientes são selecionados por grau de necessidade, o que é determinado por uma triagem realizada em escolas da rede pública ou instituição social. Jovens e crianças com problemas bucais graves, os mais carentes e próximos do primeiro emprego, têm prioridade no atendimento.

O tratamento, realizado no consultório do próprio dentista voluntário, é de caráter curativo, preventivo e educativo. O Projeto Dentista do Bem conta com voluntários espalhados por todo o País.

Na cidade

Em Araucária o projeto tem seis vagas disponíveis para dentistas voluntários e atualmente cinco pacientes estão em tratamento. Até o momento, 18 pacientes já foram atendidos pelo projeto e foram feitas seis triagens nas seguintes instituições: C.E.M. Araucária, CRAS Costeira, CRAS Thomaz Coelho (duas), Escola Municipal Azuréa Belnoski e Escola Municipal Juscelino Kubitschek de Oliveira.

Desde o ano de 2013, a coordenadora do projeto na cidade é a dentista Karine Aparecida Gaio, que também é voluntária juntamente com os profissionais Edmilson Cattoni, Dhiogo Jorge Batisti Sato, Decio Shozo Kobayashi, Adriana Gallego Donda Casagrande e Aline Panek.

Serviço

Dentistas interessados sem participar do projeto Dentista do Bem poderão entrar em contato com a ONG no fone (11) 5084-7276 ou através do site www.turmadobem.org.br

Texto: Maurenn Bernardo / Foto: Divulgação

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM