Projeto do Colégio Metropolitana é destaque na Bett Educar 2019, O Popular do Paraná
Apresentção das alunas foi bastante elogiada. Foto: divulgação

 

Quando a apresentação dos alunos do Colégio Metropolitana acabou, o que se viu foi uma porção de olhos admirados, acompanhados de muitos aplausos e elogios. Este foi o saldo da participação do colégio na Bett Educar 2019, a maior feira de educação e tecnologia da América Latina, que aconteceu entre os dias 14 a 17 de maio, no espaço Transamerica ExpoCenter, em São Paulo. Mais uma vez o projeto Autismobô, idealizado por cinco alunas do Ensino Médio e já premiado em outros eventos, se destacou entre os demais. O robozinho foi idealizado pensando em auxiliar o aprendizado entre as pessoas com transtorno do espectro autista (TEA) e que têm dificuldade de concentração.

As alunas Natalia Hempkemaier, Vitória Valentini de Melo, Alana de Oliveira, Rafaela de Sousa e Caroline de Oliveira, sob a orientação do professor de Robótica Roberto dos Santos, fizeram duas apresentações no dia 15, uma pela manhã, usando o robô projetado com material Lego – Education, e outra no período da tarde, utilizando o BBC Micro:bit

A diretora do colégio, Marcia Katuragi, se emociona ao dizer que sente orgulho em ter uma equipe com profissionais e alunos tão competentes. “Eles sonham os mesmos sonhos que os nossos e nos ajudam a realizá-los. O esforço é fundamental para que nossos objetivos sejam alcançados, dessa maneira, projetos se tornam mais fáceis de serem executados, mudanças se tornam mais simples de implementar e problemas se tornam grandes oportunidades de aprendizado e evolução”, afirma. Para ela, é recompensador ver a evolução de cada um que se envolveu com o projeto Autismobô e, mais do que isso, é gratificante saber que, além de o colégio ter feito sucesso, levou o nome da cidade no maior evento de tecnologia da América Latina.

Ainda na Bett Educar, o Colégio Metropolitana levou a estudante Heloisa Malinoski, do 6º ano, exclusivamente para apresentar o projeto “Bullying, essa não”, que está sendo desenvolvido pelos alunos do curso de Robótica. As turmas organizam apresentações, rodas de conversas, teatros, músicas e outras atividades, que envolvem alunos do ensino fundamental I. “É um projeto bem importante, que também tivemos a oportunidade de apresentar na Bett Educar, e que vem movimentado nossa comunidade escolar”, comentou a diretora Márcia.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1164 – 23/05/2019

VEJA TAMBÉM

Compartilhe