Quem vai recolher o lixo de Araucária?

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

A população de Araucária está, desde a semana passada, convivendo com o lixo nas ruas. O problema é que o contrato com a empresa que faz a coleta não foi renovado. Para “resolver” essa questão, a Prefeitura vai usar, mais uma vez, do contrato emergencial, uma velha prática dessa gestão. Gestão que não planejou seus gastos, como afirmou o Secretário de Finanças na última reunião, e hoje vive o caos nas finanças, mesmo sendo o segundo município mais rico do Paraná.

Pobre cidade rica que vem sendo depredada há anos pelo lixo político! Gestores interesseiros que só se importam com seus benefícios próprios. Enquanto isso, a população é penalizada convivendo com o lixo e com a falta de responsabilidade. A sensação é de que nunca tivemos tantos problemas!

Além da desculpa da “crise”, que é utilizada para retirar os direitos dos trabalhadores (conquistados a muito custo e com muitas lutas ao longo dos anos) e que é causada pelos governantes do nosso país e pelos empresários, também temos uma realidade gravíssima na nossa cidade.

Em Araucária, a situação está caótica, principalmente nas áreas da saúde, educação e segurança. Para a população, o sentimento é de indignação diante de tanta incompetência da gestão e, para os servidores, é de insegurança. Pois, com os caixas da Prefeitura vazios, corremos o risco de ficar sem salário e ter mais serviços públicos cortados. O Hospital Municipal, por exemplo, não recebe repasse há dois meses, conforme denúncia feita ao SIFAR.

Também temos que lidar com o troca-troca de secretários. Quem está no comando das pastas não sabe o que está acontecendo e demora para tomar atitudes, piorando o que já está ruim.

Adicionamos a essa situação a sensação de insegurança que todos vivem, com recorrentes episódios de violência em vários pontos da cidade. O cenário se agrava a cada dia e ainda fomentam a expectativa de que chegarão salvadores da pátria para resolver. Mas nós já sabemos que a única forma de garantir direitos e serviços públicos de qualidade é a mobilização e a luta!

Acreditamos que é a formação e a educação que podem contribuir numa sociedade que almeja um futuro melhor, que queira lutar pelos seus direitos, para ter uma vida mais digna e promover o bem coletivo. É nisso que nós acreditamos, por isso demonstramos, a todo momento, nossa indignação nas lutas e nos protestos contra este sistema que ataca diariamente a classe trabalhadora.

A empresa Transresíduos foi recontratada emergencialmente e vai recolher o lixo de Araucária pelo menos por enquanto. Mas o lixo político da cidade, o lixo do descaso com a saúde, educação, segurança pública e ataque aos direitos dos trabalhadores? Esse lixo nenhum salvador recolhe prontamente. Esse lixo só é varrido pela luta e mobilização da sociedade!

Nenhum direito a menos! Firmes!